12 de dez de 2009

Diadema receberá R$ 1,6 milhão para UTIs

O Hospital Municipal de Diadema, por meio do Ministério da Saúde, receberá a partir de dezembro o repasse de mais de R$ 1,6 milhão ao ano, para manutenção dos oito leitos da Unidade de Terapia Intensiva (UTI) que foram habilitados e de outros seis requalificados pelo governo federal. No total, a União terá investimento anual de R$ 37 milhões com os 206 novos leitos cadastrados, em todo país, e outros 88 que elevaram de categoria e receberão mais recursos.

Das 23 cidades contempladas no país, Diadema foi o único município do ABC a participar da iniciativa. “Diadema fez a ampliação do serviço em 2008, mas somente neste ano solicitamos ao Ministério o credenciamento dos quatro leitos pediátrico e dos quatro leitos adultos que ainda não eram cadastrados e não recebiam verba. Aproveitamos a ocasião para aumentar a complexidade dos seis leitos adultos e, por isso, pedimos a requalificação”, explicou a secretária de Saúde, Aparecida Pimenta.

Segundo a titular da pasta, o hospital teve que passar por uma avaliação rígida de equipe, aparelhos e área física das UTIs para receber a aprovação e liberação da verba. “O pediatra que trabalha em uma UTI não pode ser pediatra comum, o médico precisa ter especializado em terapia intensiva. Então para sermos aprovados, tivemos que passar o currículo de cada profissional e os técnicos também avaliaram, in loco, todos os equipamentos para ver se correspondiam com nossa solicitação”, contou. Na UTI, o paciente em estado grave é monitorado 24 horas para recuperação.

Os leitos são classificados conforme o número de profissionais, equipamentos disponíveis e serviços. Atualmente, o hospital possui três tipos de UTIs e 18 leitos, sendo que a neonatal (para bebês de até 28 dias) e a infantil possuem quatro leitos, cada , e a de adultos dez acomodações.

fonte: Claudia Mayara - DIÁRIO REGIONAL

Nenhum comentário: