15 de dez de 2018

Nota do Ideb, prêmios e novos projetos são destaques da educação de Diadema

EMEE Olga Benário Prestes, de Educação Especial, alcançou a meta estipulada para 2019. Foto: Adriana Horvath/PMD

Diadema vem adotando políticas públicas que têm aprimorado cada vez mais o atendimento oferecido aos estudantes, como ações de ampliação das oportunidades educativas, o projeto Garatéa e Olimpíadas de Matemática, formação de professores e o Programa Cidade na Escola, além da inauguração de duas novas creches. Antecipar a nota do Índice de Desenvolvimento do Ensino Básico (IDEB) projetada para 2019 foi uma das conquistas para o município neste ano.
A EMEB Anita Catarina Malfatti atingiu nota 7,1 e superou a meta estimada para 2021. Esta é a segunda vez que a escola ultrapassa a meta: em 2015, atingiu a nota 6,7. A EMEE Olga Benário Prestes, de Educação Especial, também superou a meta e alcançou a estipulada para 2019, saltando de 6,3 para 7,1. A média da rede de escolas municipais de Diadema é de 6,5 no IDEB referente ao ano de 2017. Com o resultado, o município supera a projeção inicial de 6,3 e chega ao projetado para 2019.
“Esta nota é resultado do trabalho desenvolvido pela nos­sa rede. Diadema conta com equipe qualificada, que se dedica diariamente em oferecer educação de qualidade aos nossos alunos. Cada escola conta com um coordenador pedagógico, estratégia que conseguimos implementar visando à melhoria do ensino e dos nossos índices. Reconhe­ço o empenho e a capacitação de todos profissionais da educação, que estão cada dia mais comprometidos com nossos alunos”, afirmou o prefeito Lauro Michels (PV).
Além disso, em 2018, integrando o Programa Cidade na Escola, o Instituto Cultural e Educacional Matéria Rima ficou entre os dez melhores projetos do Brasil na 13ª edição do Prêmio Itaú-Unicef, que apóia e valoriza iniciativas que ofe­recem ao público infanto-juvenil ações educativas, culturais e de proteção social.
Dos mais de 3.500 projetos inscritos, que trabalham pela garantia de direitos de crianças, adolescentes e jovens em todo o país, o de Diadema foi um dos dez finalistas na cate­goria 2 (Parceria em Ação), com o Matéria Rima e a EM Deputado Freitas Nobre. Em 2015, o Programa Cidade na Escola, em parceria com o Matéria Rima, também conquistou o Prêmio Itaú-Unicef, cate­goria pequeno porte como experiência bem sucedida em Educação Integral.
“Isso demonstra que estamos no caminho certo. Acreditamos que atividades diferenciadas possibilitam a ampliação de oportunidade educativa aos nossos alunos e impacta de maneira positiva na qualidade da educação em nosso município”, ressaltou o secretário de Educação, Cacá Vianna. Este ano, o Programa Cidade na Escola atendeu 1950 alunos, matriculados em 18 Escolas Municipais de Ensino Fundamental.

n CRECHE

Outra conquista foi o “Prêmio Professores do Brasil”, devi­do ao trabalho da professora Lucimar Izabel Faria, da EMEB Albino Freitas, vencedora da etapa estadual na categoria Creche com a prática “Estética Musical na Primeira Infância”.
O Prêmio é uma iniciativa do Ministério da Educação juntamente com instituições parceiras e tem como finalidade reconhecer o trabalho dos professores das redes públicas que contribuem de forma relevante para a qualidade da Educação Básica no Brasil.
Na edição deste ano da Olimpíada Internacional Ma­temática Sem Fronteiras, rea­lizada em fase única em 20 de abril, os alunos de Diadema trouxeram 11 medalhas, entre ouro, prata e bronze.
Um projeto que animou os alunos de sete escolas foi o Garatéa. Ao longo de nove semanas foram desenvolvidos projetos para irem ao espaço em um foguete da SpaceX com os astronautas da Nasa na Missão Garatéa.
Dos 61 projetos inscritos, o município ficou em 8º lugar com a EMEB Cora Coralina, com os alunos da Educação de Jovens e Adultos, e recebeu menção honrosa pela inscrição de 22 alunos surdos da EMEE Olga Benário.
Além disso, a prefeitura inau­gurou duas creches. Ao todo, são 360 novas vagas para crianças de zero a 3 anos em período integral.
fonte: Diário Regional

9 de dez de 2018

Poupatempo Diadema completa quatro anos





Na última quinta-feira (6/12), o Poupatempo Diadema completou quatro anos de atendimentos à população. Em 2018, a unidade realizou 496,8 mil serviços. Em pesquisa divulgada este mês, a unidade foi aprovada com 95% de ótimo e bom pelos usuários.
Entre os órgãos que oferecem atendimento no Poupatempo estão o Detran.SP, Instituto de Identificação (IIRGD), e-poupatempo (serviços públicos online), Secretaria da Fazenda (Sefaz), Sabesp, serviços do Tribunal Regional Eleitoral (TRE) serviços da Prefeitura Municipal (PRD), Ministério Público Estadual (investigação e reconhecimento de paternidade) e um correspondente bancário do Banco do Brasil, para pagamento de taxas.
Desde que foi inaugurado, o Posto do Governo do Estado realizou 2,8 milhões de atendimentos, sendo 211,9 mil CNHs, 196,3 mil RGs, 166,4 mil licenciamentos de veículos e 21,2 mil atestados de antecedentes criminais.  
Para marcar gratuitamente dia e horário para ser atendido no Poupatempo, o interessado pode entrar no site www.poupatempo.sp.gov.br e interagir com o Poupinha, o assistente virtual do Poupatempo. O cidadão também pode baixar o aplicativo SP Serviços no seu celular. Além do agendamento, os canais oferecem informações sobre todos os serviços oferecidos, prazos de entrega, valores de taxas, documentos necessários, endereços e horários de funcionamento dos postos.
Serviço
Poupatempo Diadema
Endereço: rua Amélia Eugênia, 397 – Centro
Horário de atendimento: de segunda a sexta-feira, das 8h às 18h e aos sábados, das 8h às 13h

fonte: Repórter Diário

5 de dez de 2018

Mercado aposta no potencial da Bike elétrica a Vela Bikes, empresa de Diadema, produz 200 unidades mensais



Há dois meses, Victor Hugo Cruz, engenheiro de 29 anos e fundador da Vela Bikes, mudou sua fábrica do bairro de Pirituba, em São Paulo, onde produzia 60 bicicletas por mês, para um imóvel maior em Diadema, no ABC paulista. Hoje produz 200 unidades mensais, mas tem estrutura para chegar a mil.

"Nosso primeiro objetivo é eliminar a fila de espera por nossos produtos, que hoje é de dois a três meses", informa Cruz. Além de vender pela internet, a Vela tem quatro lojas em São Paulo, Rio, Brasília e Curitiba.

A Vale Bike recebeu capital de R$ 2,3 milhões de investidores-anjo e R$ 330 mil por meio de financiamento coletivo e busca novos investidores.

A bicicleta Vale tem quadro desenvolvido pelo próprio Cruz e é produzido com exclusividade por uma empresa de Taiwan, mas a intenção é nacionalizar o produto. Vários componentes são importados. A empresa já faz localmente a pintura, o canote e a carcaça da bateria, entre outros itens.
"Fazemos bicicletas personalizadas", diz Cruz. A marca tem cinco opções de tamanho para se adaptar melhor à altura do usuário, que também tem opção de escolher a cor entre 13 tonalidades diferentes. 

Os preços variam de R$ 4,8 mil a R$ 5,9 mil.

O mercado de e-bikes no Brasil é bastante pulverizado e calcula-se que há entre 40 a 50 empresas com linhas de montagem, a maioria de pequeno porte. Mundialmente, várias montadoras estão anunciando projetos para atuar nesse segmento, entre as quais Audi, Ford, General Motors e Volkswagen.


fonte: Portal ABCdoABC

23 de nov de 2018

Shopping Diadema



O Shopping Diadema foi inaugurado parcialmente em setembro pelo Grupo Bem Barato na Estrada do Rufino, 735, no bairro Serraria, no entanto, a comunidade ainda aguarda as compensações ambientais acordadas junto à Prefeitura por meio de TAC (Termo de Ajustamento de Conduta) em 2017, com supervisão do Ministério Público. Entre as melhorias previstas estão a recuperação e a sinalização do viário no entorno do empreendimento, construção de um parque, além de reformas em equipamentos de Saúde.
O acordo na Justiça foi necessário porque a licença para a execução da obra, emitida pela administração municipal em 2014, previa apenas a ampliação das instalações (que antes eram um galpão) e não a construção de um shopping center. Durante a última reunião do Condema (Conselho Municipal de Defesa do Meio Ambiente de Diadema), representantes da administração apresentaram aos conselheiros o escopo do TAC e as intervenções que devem ser realizadas pelo empreendedor. Entre elas, recuperação e sinalização do viário no entorno do estabelecimento, revitalização de duas praças e áreas verdes, reformas em equipamentos de Saúde, construção de um parque e repasse de R$ 100 mil para o Fumapis (Fundo Municipal de Apoio à Habitação de Interesse Social). As compensações atingem um raio de 11 quilômetros, incluído em APM (Área de Proteção de Manancial).
Conselheiros questionam o fato de o empreendimento já estar em funcionamento sem que as compensações tenham sido concluídas. Segundo o vice-presidente do colegiado, o economista Francisco de Assis Cardoso, 58 anos, a Prefeitura só informou sobre o TAC em 2018, meses antes da eleição.“O combinado era que teríamos a oportunidade de analisar o acordo antes da inauguração, já que não pudemos fazer isso antes da obra, como manda a lei. Agora, que já está em curso, só nos resta analisar e sugerir adequações”, lamentou.
A secretária-adjunta de Habitação de Diadema, Marcia Carvalho, justificou que a Prefeitura também foi surpreendida com o anúncio da construção de um empreendimento grande como um shopping e que a assinatura do TAC, após embargo temporário da obra, foi a maneira de mitigar os impactos.
Segundo ela, grande parte das intervenções viárias não foi realizada porque existem verbas aprovadas para obras de recapeamento nos mesmos locais, como a Avenida Afonso Monteiro da Cruz e a própria Estrada do Rufino. Dessa forma, a administração solicitou à Secretaria de Obras que as melhorias sejam concluídas o mais rápido possível. A principal reivindicação é de uma passarela em frente ao shopping. “Temos uma escola no local, ou seja, já era um lugar de grande fluxo de pedestres”, justificou a advogada Adriana Ribas, 40, conselheira e moradora da região.
A Prefeitura e o Grupo Bem Barato não informaram qual o prazo para conclusão do TAC e das compensações ambientais. A previsão de inauguração total do shopping é até o fim do mês. O empreendimento contará com 95 lojas.
DESLIZAMENTO
Em maio de 2018, as obras do Shopping Diadema foram interrompidas após um deslizamento de terra soterrar três funcionários. Os operários se feriram apenas levemente e a obra não chegou a ser embargada.
Parque deve ser construído ao lado de área que já foi invadida
Entre as compensações que o Grupo Bem Barato deve realizar em Diadema pela construção do shopping no Serraria está a implantação de parque entre as ruas Erico Veríssimo e Afonso Monteiro da Cruz. A área está ao lado de terreno que foi invadido em outubro. Segundo acordo assinado entre a Prefeitura de Diadema e o Grupo Bem Barato, responsável pelo empreendimento, o parque vai ocupar área total de 40 mil metros, com pista de skate, academia ao ar livre, pista de caminhada, playground, mirante e sanitários, entre outras instalações. De acordo com representantes da Secretaria de Habitação, a previsão de início das obras é até o fim do mês.
fonte: DGABC

14 de nov de 2018

Abertura da Fábrica da Cultura em Diadema será no dia 23

                                                  (Foto: George Garcia)

Após três anos de atraso, além dos nove meses de espera pela contratação de uma Organização Social que administraria o equipamento, o Governo do Estado confirmou que a sede da Fábrica da Cultura, em Diadema, será inaugurada no próximo dia 23. Em entrevista exclusiva ao RDtv, nesta terça-feira (13), o prefeito Lauro Michels (PV) comentou sobre a novidade.

“Estou mais ansioso que vocês. Essa Fábrica da Cultura terá dança, música, pintura, vai ter uma relação com o Hip Hop na primeira etapa. Na segunda etapa, vai ter um teatro que terá uma questão em parceria com a Prefeitura”, explicou Michels.

Segundo a Poiesis, organização social responsável pela administração do local, no dia da inauguração haverá uma vivência com música experimental, cortejo do Bloco da Moça, apresentação de Hip Hop e performances circenses com a apresentação do grupo Tapias Voadores, além de uma roda de capoeira.

Localizado na região central de Diadema, o espaço chegou a ser uma das principais dores de cabeça do Governo Municipal, pois foi prometida para iniciar os trabalhos em 2015, porém com o atraso das obras, o local só foi entregue em março deste ano, mesmo momento em que foi iniciado o processo licitatório para contratação de uma  organização social.

“Mesmo no azul o Governo do Estado teve um problema de verba, isso tem que ser deixado claro. Recentemente a empresa responsável pela Linha 18 abandonou o negócio, então temos que levar isso em conta antes de fazer críticas. Vamos inaugurar a Fábrica e isso mostra que o Governo do Estado está sim ajudando Diadema”, completou o prefeito.

Essa será a 11ª unidade da Fábrica de Cultura, sendo a primeira fora da Capital. Segundo números da Secretaria Estadual de Cultura, mais de 100 mil pessoas já foram beneficiadas com os equipamentos já existentes.

fonte: Repórter Diário

13 de nov de 2018

Corredor Diadema-Brooklin vai receber 25 ônibus articulados

Autor: Renato Lobo


O corredor Diadema-Brooklin, operado pela Metra, deve receber 25 ônibus articulados zero quilômetro produzidos pela Volvo, segundo informações do Diário do Transporte. Os veículos terão capacidade para 110 passageiros cada um e 20,55 metros de cumprimento, o que proporcionará aumento na oferta de lugares na linha 376.

Os ônibus possuem chassi Volvo B340M 6X2, com motor eletrônico Volvo DH12E de 340 cv de potência. A carroceria é modelo Caio Millennium BRT.

Projetado no início da década de 1980, o corredor intermunicipal teve obras foram iniciadas em 1986, mas foram paralisadas por várias vezes. Somente em 30 de julho de 2010, cerca de 24 anos depois, o corredor foi inaugurado.

O espaço exclusivo foi originalmente projetado para operação de trólebus, mas atualmente é operado em sua maioria por ônibus a diesel. Os novos veículos seguem os parâmetros atuais Euro V.

fonte: viatrolebus

7 de nov de 2018

ReciclaBR abre segunda filial na região e gera 130 empregos

Em Diadema, Assis procura terreno para expandir os negócios (Foto: Pedro Diogo)

Com a inauguração, em Diadema, da sua nova unidade de fabricação de kits para box, a ReciclaBR, a maior empresa do País em reciclagem de metais não ferrosos, se fixa definitivamente no ABC, com duas unidades de negócios. A outra fica em São Caetano. Segundo o diretor de Marketing e de Novos Negócios da empresa, Antônio Carlos Assis, a empresa ainda está à procura de mais um terreno para instalar na região um centro de captação de metais.

A unidade nova foi inaugurada no Jardim Campanário, no início de outubro e emprega 130 funcionários diretos. “A filial de Diadema é uma parte importante do desenvolvimento e da busca de novas oportunidades para o grupo. Essa nossa fábrica produz kits para box. Nossa pretensão é mudar o cenário do ABC”, avalia o diretor ao dizer que está em estudo a possibilidade de transferir as atividades da unidade de São Caetano também para Diadema. Os investimentos do grupo na região devem ser reforçados, já que o ABC compete pela escolha da área para o centro de captação de metais. Santo André é uma das cidades sondadas.

A ReciclaBR nasceu em 1967 e em 2010 adquiriu a Latasa, que faz coleta e reciclagem de alumínio, em 2013 foi criado o grupo. “Estes cinco anos foram marcados pela implementação de muitas ferramentas de inovação e a empresa se tornou a maior do ramo de reciclagem de metais não ferrosos”, aponta Assis que diz que a empresa cresceu amparada no potencial crescente de reciclagem de alumínio. “O Brasil é líder mundial em reciclagem de alumínio, que garante renda, importante para muitas famílias e para o país”, afirma o executivo, que não divulga números de faturamento.

Outra possibilidade de investimento na região está na instalação de postos de coleta de materiais, chamados LGU (Latasa Garimpeiro Urbano). A ReciclaBR possui uma rede de 25 pontos como este pelo País.

A empresa está presente em 14 estados, e processa por ano 250 mil toneladas de metais por ano. A ReciclaBR acaba de ser reclassificada no índice da revista Época Negócios, na colocação 137. No ano passado a empresa estava na 264ª colocação. No ranking das 1000 melhores empresas a empresa também subiu sua classificação do posto 240 para 152ª colocação.

fonte: Repórter Diário

31 de out de 2018

Drogasil inaugura vigésima loja do ABC

Nova Drogasil de Diadema abre as portas nesta quarta-feira (31). (Foto: Elias Lubaque -Diadema News)


A Rede Raia-Drogasil, inaugura nesta quarta-feira (31/10) sua nova loja no Parque Sete de Setembro, em Diadema. A nova loja faz parte dos planos da rede de inaugurar cerca de 240 lojas este ano em todo país, e outras 240 em 2019, no ano passado foram abertos 200 pontos de venda. A rede está entre as que mais crescem no setor farmacêutico e faturou R$ 14 bilhões em 2017, segundo a revista Exame. A nova loja, instalada em terreno amplo, terá vagas de estacionamento e vai oferecer seu mix composto de 14 mil itens de produtos de higiene, beleza e medicamentos, incluindo os de marca própria, uma área que a rede tem investido bastante.
O novo ponto de vendas da Drogasil, na esquina da avenida Sete de Setembro com a rua Castro Alves, será a vigésima loja da marca na região. A Drogasil tem lojas praticamente em toda a região; tirando Rio Grande da Serra, onde ainda não está presente, Diadema é a que tem presença mais tímida da rede no ABC. Essa inauguração põe para funcionar a segunda loja da marca no município, sendo que a primeira, fica no Shopping Praça da Moça. São Bernardo tem 9 lojas, São Caetano tem 8, Santo André 7,  Mauá tem 3 e Ribeirão Pires tem uma Drogasil. Já o outro braço do grupo, a Droga Raia, conta com uma loja em Diadema, 4 em São Bernardo, 5 em Santo André, 4 em São Caetano e 1 em Ribeirão Pires.
Em nota, a empresa informa que foram gerados 15 empregos diretos e não informou sobre novos investimentos no ABC.
fonte: Repórter Diário

2 de out de 2018

Fábrica de Cultura abre seis meses após entrega



A população de Diadema finalmente poderá frequentar a Fábrica de Cultura projetada para a cidade. Entregue oficialmente há cerca de seis meses, o equipamento abrirá às portas somente nesta semana. O evento de entrega ocorreu no dia 27 de março – na ocasião, a gestão do então governador Geraldo Alckmin (PSDB) afirmou que o local seria inaugurado em julho, o que não aconteceu.

A demora para a abertura do espaço ocorreu porque a secretaria de Cultura do estado estava com o processo de contratação da OS (Organização Social) que vai administrar o espaço, via chamamento público, em andamento mesmo após o prédio ser inaugurado. A entidade escolhida foi a Poiesis, que começou os trâmites para instalação de equipamentos no mês passado e promete iniciar as atividades nesta semana. O primeiro espaço a ser inaugurado será a biblioteca, de acordo com a OS.

A Fábrica de Cultura de Diadema, localizada na rua Vereador Gustavo Sonnewend Netto, 135, Centro, será a primeira fora da capital. O equipamento público voltado para atividades culturais gratuitas é o 11º construído em São Paulo e contou com investimento de R$ 16,9 milhões do estado.

Além da biblioteca, o prédio, instalado em área de 6 mil metros quadrados e com dois pavimentos, vai promover eventos e cursos em diversas áreas da arte, como teatro, música, circo e dança. O espaço ainda possui refeitório e vestiários.

Mais uma
São Bernardo poderá ter a segunda unidade da Fábrica de Cultura do ABC onde estava sendo construído o Museu do Trabalhador, no Centro. A cidade conseguiu autorização do Ministério da Cultura, no ano passado, para trocar a finalidade do projeto. No entanto, a instalação ainda não foi iniciada porque depende de autorização da Justiça Federal – as obras são alvo de investigação da Polícia Federal.

fonte: 
Metro ABC

27 de set de 2018

Diadema apresenta plano de Desenvolvimento Econômico

Reunião sobre Incentivo Fiscal
Crédito: Adriana Horvath

A Prefeitura de Diadema está criando um Programa de Incentivo ao Desenvolvimento Econômico e Social para o município, por meio das secretarias de Finanças, Desenvolvimento Econômico e Trabalho e Assuntos Jurídicos.

O objetivo do programa é auxiliar a recuperação da atividade econômica, por meio de incentivos e estímulos fiscais para empresas industriais, comerciais e de prestação de serviços, gerando mais emprego, mais renda e por consequência, melhorar a economia do município.

Nesta terça, 25/09, o prefeito Lauro Michels e técnicos da Secretaria de Finanças apresentaram o projeto para vereadores, representantes do Centro das Indústrias do Estado de São Paulo – CIESP Diadema, Associação Comercial e Empresarial (ACE) de Diadema e Sindicato dos Metalúrgicos e Químicos.

O programa prevê incentivo e benefícios fiscais para novas empresas que vierem a se instalar, bem como para empresas que já estão em funcionamento no município.
“Devido à gravíssima crise que assola o Brasil e atinge a todos os setores da economia, a administração está elaborando este programa com a finalidade de o município se tornar mais atrativo para que novas empresas façam investimentos em Diadema, além de incentivar o aumento da produção das empresas que já estão funcionando e gerarem mais empregos”, comentou o prefeito Lauro Michels.

As empresas já em funcionamento que ampliarem, modernizarem ou reativarem sua atividade econômica no município também poderão ser beneficiadas com os incentivos fiscais. A administração vai promover benefícios que poderão ser concedidos, mediante prévia demonstração de interesse público, principalmente através de descontos em tributos municipais como IPTU, ITBI, entre outros.

fonte: Portal ABCdoABC

14 de set de 2018

Extra Nova Loja em Diadema




O Supermercado Extra, rede do Grupo GPA, inaugurou, no dia 11 de setembro, uma operação no bairro Taboão, localizado em Diadema (SP). A unidade contará com diversos departamentos, como: artesanato, alimentos e bebidas, automotivo, brinquedos, decoração, ferramentas, produtos de limpeza, eletrodomésticos, flores, importados da China, entre outros. Nesta semana, a rede de hipermercados também anunciou que está reformulando a área têxtil de suas lojas. A modificação prevê a troca de 30% a 40% dos fornecedores, além da criação de um departamento reservado aos produtos jeans. 


Supermercado em Diadema (SP)
Endereço: Rua Polônia, 135 - Taboão, Diadema (SP)                                     

6 de set de 2018

Fábrica de Cultura de Diadema será inaugurada em novembro



A Fábrica de Cultura de Dia­dema está finalmente perto de abrir as portas à população. Ontem (4), a Poiesis – Organização Social de Cultura (OSC) escolhida por meio de chamamento público para ser a gestora da espaço – anunciou que as primeiras atividades devem ocorrer na primeira semana de novembro.

O contrato com a OSC foi assinado no último dia 29. A entidade também será res­ponsável pela contratação do pessoal que vai trabalhar na unidade e pela aquisição de equipamentos, ins­tru­mentos, materiais, mobi­liá­rio e livros. Fará ainda as ade­quações prediais para que o espaço tenha condições de receber a população.

Segundo o cronograma di­vul­gado ontem pela Poiesis, as contratações de serviços, compras de materiais e adequações prediais começam em se­tembro, com a seleção de prestadores de serviços e fornecedores. O público poderá acompanhar o andamento da implementação pelo perfil do facebook @fabricasdecultura.

A abertura deve ocorrer na primeira semana de novembro com a inauguração da biblioteca, que terá encontros com autores, contações de histórias, oficinas e exibição de filmes, com discussões sobre temas da atualidade. Haverá ainda ati­vidades ar­tísticas diversas em parceria com grupos e artistas da cidade e o início das atividades de cessão de espaço para grupos interessados em usar a fábrica como plataforma para criação e produção.

MESMO FORMATO
A Fabrica de Cultura de Dia­dema é a 11ª unidade da rede e a primeira fora da Capital. Com mais de seis mil metros quadrados de área construída, o espaço tem o mesmo formato das dez unidades em funcionamento e vai oferecer cursos de várias linguagens artísticas, oficinas, biblioteca e workshops, entre outras atividades.

As obras tiveram início em junho de 2014 e foram concluídas em março deste ano, ao custo de R$ 16,9 mi­­lhões, investidos pelo go­verno do Estado. A prefeitura cedeu o terreno, lo­calizado na avenida Ve­rea­dor Juarez Rios, no Centro.

fonte: Diário Regional

5 de set de 2018

Santander inaugura espaço Select em Diadema



O Santander inaugura nesta quarta-feira (5/9) seu primeiro espaço totalmente dedicado ao atendimento de clientes de alta renda em Diadema. Os usuários Select – como são denominados pelo banco – terão acesso a serviços financeiros exclusivos com conforto e privacidade dentro da agência localizada no centro da cidade (avenida Antônio Piranga, 433). O espaço Select terá lounge de espera e salas reservadas para receber clientes.
“Diadema vem crescendo bastante. Nossa carteira de clientes de alta renda vem aumentando e temos o compromisso de atendê-los melhor e de maneira personalizada”, afirma o superintendente executivo de Rede SP Metropolitana, José Teixeira de Vasconcelos Neto.

Conforme Teixeira, a agência que terá o Espaço Select fica próximo ao Quarteirão da Saúde. “Escolhemos a região por ser estratégica, já que temos ofertas diferenciadas para os médicos e estudantes de medicina e queremos valorizar esse público que faz a diferença na vida de muita gente”, diz o executivo. Os médicos e recém-formados contam com exclusividades desenhadas de acordo com suas necessidades.

O segmento Santander Select se caracteriza por ter clientes com renda a partir de R$ 10 mil e R$ 30 mil em investimentos ou de renda maior ou igual a R$ 20 mil ou por possuírem investimentos acima de R$ 300 mil. Foi criado em 2013 com o objetivo de oferecer uma melhor assessoria aos clientes de alta renda na consolidação e proteção de seus bens e investimentos. Ou seja, os profissionais fazem recomendações de acordo com o perfil de investimento do cliente e cenário econômico. Os clientes Select também contam com serviços internacionais que proporcionam mais tranquilidade e segurança nas viagens ao exterior.

De acordo com o superintendente executivo do segmento Pessoa Física do Santander, Geraldo Rodrigues, o banco vem identificando demandas deste público em várias regiões do País e desde o ano passado está expandindo suas operações. “Encerramos 2017 com 100 agências exclusivas e mais de 65 espaços Select. Até o final do ano, a meta é chegarmos em mais de 210 locais com atendimento diferenciado para nossos clientes de alta renda, entre agências Exclusivas e Espaços Select”, ressalta Rodrigues.

Segundo ele, o plano de expansão permitirá ao Banco chegar em 22 locais onde o segmento ainda não tem atuação.

fonte: Repórter Diário.