1 de mai de 2009

Diadema e Santo André preveem crescimento em 2010

Santo André e Diadema preveem o crescimento de 8% e 2,5%, respectivamente, no orçamento de 2010. As Prefeituras protocolaram, nesta quarta-feira (29/04- Santo André) e quinta-feira (30/04- Diadema), a LDO (Lei de Diretrizes Orçamentárias) na Câmara, que serão analisadas pelos vereadores.

Em Diadema, mesmo o prefeito Mário Reali (PT) relembrando o impacto da crise econômica mundial no município, prevê a arrecadação de R$ 643,7 milhões, ou seja, R$ 19 milhões a mais comprando com a previsão de 2009 (R$ 624 milhões).

Na justificativa, o prefeito explica que a elaboração da LDO foi baseada nas ações de recuperações de receita e arrecadação, melhoria do desempenho do índice de participação do município no ICMS (Imposto Sobre Circulação de Mercadorias e Prestação de Serviços).

A Prefeitura de Santo André, que arrecadou mais de R$ 1,5 bilhão em 2009, prevê, mesmo com a crise, cerca de R$ 122 milhões. “A crise está aí e a receita não está correspondendo ao que se esperava. Estamos cortando algumas ‘gorduras’ para aplicar melhor o dinheiro. Não podemos extrapolar os limites da responsabilidade fiscal”, afirmou o secretário de Orçamento e Planejamento Participativo, Arnaldo Augusto Pereira.

Apesar da afirmação de Pereira, a Prefeitura estima gastar R$ 102 milhões a mais do que o orçamento de 2009, um aumento de 6,68%.

Por: Karen Marchetti e Júlio Gardesani - J. ABCD MAIOR

Nenhum comentário: