28 de mai de 2009

Diadema inaugura amanhã o primeiro shopping da cidade

Carolina Lopes
Do Diário OnLine

Os moradores de Diadema vão ganhar amanhã (29) o primeiro complexo de compras da cidade, o Shopping Praça da Moça. O empreendimento é resultado de uma parceria entre construtoras e o fundo de pensão Funcef (Fundação dos Economiários Federais), que investiram R$ 200 milhões em sua construção. A expectativa é gerar R$ 300 milhões em volume de vendas apenas nos primeiros 12 meses de operação.

O shopping está localizado na rua Manoel da Nóbrega, 712, próximo ao terminal rodoviário de Diadema e a 250 metros do calçadão de comércio da cidade. Com 45 mil metros quadrados, o complexo será inaugurado com 70 lojas, número que deve subir para 150 até o final deste ano.

De acordo com o prefeito de Diadema, Mário Reali, o Shopping Praça da Moça tem por objetivo fazer com que a população não deixe a cidade para fazer compras. Dessa forma, Reali afirma que será possível diminuir a evasão de renda do município, tradicionalmente industrial.

“Esse empreendimento é uma grande conquista para nossa cidade. Diadema é predominantemente industrial, mas o mercado de consumo vem se fortalecendo. O shopping abre uma perspectiva que a cidade não tinha, que é a de comprar aqui dentro. Como está localizado em uma região estratégica, vai atrair não só a população da região, mas também a da Capital”, afirmou, durante coletiva de imprensa para apresentação do shopping.

A aposta dos empreendedores é tão alta que o prédio já nasce com duas expansões programadas: uma entre três a cinco anos e outra em cerca de dez. “O empreendimento foi projetado para ter duas expansões, de acordo com o comportamento do mercado. Com as ampliações, a área construída pode aumentar de 45 mil para 130 mil metros quadrados”, explicou um dos empreendedores do shopping Roberto Martins.

O complexo de compras também promete reaquecer o mercado de trabalho da região. Segundo Reali, o Shopping Praça da Moça levou um ano para ser construído e, nesse período, gerou mais de dois mil empregos. “Nosso desafio é manter esse nível de emprego na construção civil e gerar novos postos de trabalho. E o shopping vai possibilitar isso pela valorização de seu entorno”, disse.

Além disso, 247 pessoas já foram contratadas para trabalhar no complexo e a expectativa é a de que 2,5 mil pessoas estejam trabalhando diretamente para o empreendimento até o final de 2009.

Estrutura – O Shopping Praça da Moça possui fachada em estilo do início do século XX, com arcos que remetem a imagens de fábricas antigas. A construção levou em conta aspectos sustentáveis, como a preservação de árvores centenárias que existiam no terreno e a reutilização de água da chuva para a limpeza de jardins e descarga dos sanitários.

No local, os consumidores encontrarão grandes redes, como Magazine Luiza, Mais Valdir, Kalunga, C&A, Casa das Alianças, Centauro, Drogasil, Hering Store, Besni, Marisa, O Boticário, Pixolé Calçados, Giraffa’s, Mc Donald´s, Subway, Cacau Show, dentre outras. Além das lojas, estarão disponíveis serviços como clínica odontológica, chaveiro, cartório, lotéricas, lavanderia e caixas eletrônicos.

O complexo terá 1,1 mil vagas de estacionamento disponíveis, ao custo de R$ 3 nas três primeiras horas e R$ 1 para as demais. Além disso, o shopping contará com dois pontos de ônibus, duas entradas e saídas de estacionamento e docas especiais para caminhões que abastecem as lojas.

Os responsáveis pelo empreendimento esperam que 51 mil pessoas, em média, circulem diariamente pelo empreendimento. Em épocas de grande movimento, como Natal e Dia das Mães, a malha viária da região será readequada para receber um fluxo maior de pessoas

Nenhum comentário: