24 de abr de 2009

Indústria de Diadema, ignora momento de retração expande negócios e ganha novos mercados

Redução da produção, demissão de funcionários e planos mirabolantes de corte de custos. Essas ações ganharam terreno em indústrias dos mais variados segmentos no país, como estratégia para enfrentar a atual crise econômica e financeira. Mas, uma indústria de cozinhas profissionais de São Paulo, aposta no caminho inverso para atravessar ilesa o período de turbulência.

A Topema, situada em Diadema, na região do ABCD paulista, não só manteve o quadro de trabalhadores como também está contratando novos profissionais, além de ampliar o parque fabril e investir em novas máquinas e na capacitação de seus colaboradores. A empresa tem mantido, inclusive, seu projeto de internacionalização da marca. Obviamente, não se trata de uma aventura, mas de uma aposta em bons resultados assim que o mercado voltar ao normal.

“Acreditamos que é justamente em tempos difíceis que devemos concentrar esforços para consolidar ainda mais a marca. Essa sempre foi a filosofia da empresa e, com base nela, traçamos um ousado projeto de crescimento, já em andamento”, afirma Ronaldo Ferraz Cury, vice-presidente da empresa, que atua há 43 anos no mercado de cozinhas industriais.

A fábrica, que hoje conta com 11 mil m2, está sendo ampliada e ganhará um novo galpão, que abrigará uma máquina importada da Itália. O novo equipamento, cujo valor estimado é de 800 mil euros, foi adquirido para corte de chapas de aço inox e permitirá a produção de novas demandas de mercados internacionais.

O investimento não se restringiu apenas ao maquinário. A indústria de cozinhas também utilizou parte dos recursos para contratação, treinamento e capacitação de funcionários, inclusive no exterior. “O mercado brasileiro está cada vez mais exigente e, para que possamos atender às expectativas, a melhor forma é investir na equipe. O funcionário volta não apenas com mais conhecimento, como também mais motivado para seguir o trabalho. O investimento é, assim, recompensado”, conta Ronaldo.

Planos para o exterior

Além da expansão local, a Topema está aproveitando os primeiros meses de 2009 para colocar em prática um grande projeto de internacionalização da marca. A empresa marcará presença em duas importantes feiras do setor, fora do Brasil. A primeira acontece entre os dias 11 e 15 de maio, em Barcelona, na Espanha. É a Feira Internacional de Maquinas, Tecnologias e Ingredientes para Alimentação (BTA). O outro evento acontece na sequência, de 16 a 19 de maio, em Chicago. É a NRA Show, promovida pela National Restaurant Association e conhecida como a maior feira do setor de serviços de alimentação fora do lar do mundo.

“A empresa já atua no exterior, com vendas esporádicas e através de parcerias, como com a rede Accor de hotéis, que permitiu o ingresso, por exemplo, em Lima, no Peru, e em Buenos Aires, na Argentina. Mas, seu planejamento estratégico visa à ampliação da participação de forma significativa, principalmente na América do Sul e Central. E, para alcançar esse objetivo, a presença institucional em feiras mundialmente conhecidas como a NRA e a BTA é fundamental”, explica o executivo da Topema. “Acreditamos que todo esse investimento, seja em pessoal, físico ou institucional, além de reforçar ainda mais a marca no mercado traz, como resultado natural, estabilidade para continuar crescendo, mesmo em tempos de crise”.

Mais sobre a empresa:

A Topema Cozinhas Profissionais atua nos mais diversos segmentos de Food Service. Ao longo de seus 43 anos de história, coleciona clientes nas áreas de hotelaria, supermercados, franquias de restaurantes e fast foods e em grandes empresas. Alguns clientes: Burger King, Habib’s, América, rede de hotéis Accor, Carrefour, Wal-Mart, Pão de Açúcar, Siemens, GM, Volkswagen, Electrolux, Pirelli e Kraft. A empresa foi a responsável pela cozinha usada durante a construção da usina de Itaipu e pela cozinha da International Paper, maior empresa de celulose do país, em construção no Mato Grosso do Sul e que serve atualmente 12 mil refeições por dia.

 Revista Meio Filtrante

Nenhum comentário: