29 de mar de 2014

RESSONÂNCIA MAGNÉTICA DO ESTADO EM DIADEMA JÁ BENEFICIOU 1,8 MIL PESSOAS

O serviço de ressonância magnética do Hospital Estadual de Diadema, unidade da Secretaria de Estado da Saúde gerenciada pela SPDM (Associação Paulista para o Desenvolvimento da Medicina), realizou 1.862 exames e atendeu em média 310 pacientes por mês no seu primeiro semestre de funcionamento.

Inaugurado em junho de 2013, o serviço realizou até dezembro do ano passado 1.340 exames de pacientes encaminhados pelos municípios do ABCD e 522 exames de pacientes internos (ambulatorial, pronto atendimento e internados).

A ressonância magnética do Hospital Estadual de Diadema vem oferecendo a população da Região um procedimento de alta complexidade capaz de identificar, com precisão, lesões em órgãos, músculos, tecidos, e tumores em estágio inicial. Antes os moradores de Diadema realizavam a ressonância no Hospital Estadual Mário Covas, em Santo André, ou no Hospital Geral de Vila Alpina, na Capital.

Com investimento do governo do Estado, de R$ 2,6 milhões, para compra do aparelho, mobiliário e a readequação do espaço físico, o serviço recebe pacientes dos sete municípios da Região (Santo André, Diadema, São Bernardo, São Caetano, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra).

“A implantação do serviço permite que os pacientes possam realizar exames de diagnóstico de imagem mais próximos de suas residências, sem ter de se deslocar para São Paulo. A ressonância agiliza o diagnóstico de doenças e lesões, contribuindo de maneira significativa para a o tratamento dos pacientes”, afirmou Nacime Salomão Mansur, superintendente dos serviços afiliados à SPDM.



O Hospital Estadual de Diadema foi uma das primeiras unidades públicas de saúde do Brasil a receber a certificação internacional concedida pela Accreditation Canadá. O certificado reconhece a qualidade da assistência aos pacientes e da gestão da instituição.

fonte: ABCD MAIOR

Nenhum comentário: