3 de mai de 2009

Faculdade de Diadema agora é UNIESP

A UNIESP acaba de incorporar mais uma instituição de ensino superior ao seu grupo. Trata-se da Faculdade Diadema, localizada no mesmo município, na Região Metropolitana de São Paulo.

Com este, somam-se 20 Campi Universitários com um total de 31 mil alunos mantidos pela UNIESP por todo o Estado de São Paulo. A UNIESP está presente nas seguintes localidades: Capital, com as Unidades Centro Velho, Centro Novo, Brooklin e Campo Limpo, Grande ABC: Diadema, Litoral: Guarujá e Interior: Presidente Prudente, Presidente Venceslau, Presidente Epitácio, Araçatuba, Birigui, Guararapes, Mirandópolis, Sorocaba, São Roque, Hortolândia, Bauru, Vargem Grande Paulista, Taquaritinga e Marília.

A Faculdade Diadema possui cerca de 2 mil alunos e oferece os cursos superiores (bacharelado) de Administração, Direito e Ciências Contábeis, os cursos de licenciatura em Educação Física, Letras e Pedagogia, e tecnólogos em Marketing e Análise de Sistemas. Esta é a única faculdade do município que conta com cerca de 480 mil habitantes.

Nesses 10 anos de existência a UNIESP pautou sua atuação tendo como base os conceitos de vocação para o ensino, por meio de uma educação solidária ministrada nas mais diversas áreas do conhecimento, cursos e habilitações, em que proporciona à população carente paulistana a oportunidade de ingressar no ensino superior por meio de convênios firmados com instituições de renome, parcerias, programas e projetos sociais, mantendo assim uma constante expansão.

"Esta parceria é fruto do trabalho e dedicação da UNIESP em oferecer ensino de qualidade acessível a todas as classes sociais. Com mais esta incorporação a UNIESP inicia o seu projeto de expansão para a região metropolitana de São Paulo. Assumimos um compromisso com a comunidade de Diadema para consolidar a nossa instituição neste município, vamos trazer novos cursos a fim de atender às expectativas da população. Vamos trabalhar para transformar esta faculdade na mais nova Universidade de Diadema", aponta Fernando Costa, presidente da UNIESP.

Nenhum comentário: