15 de abr de 2009

FREUDENBERG-NOK INAUGURA NOVA LINHA DE PRODUÇÃO

Enquanto o mercado global discute sobrevivência de empresas das indústrias automobilística e autopeças, a líder mundial de vedação mantém investimentos para expansão no mercado brasileiro e inaugura linha de produção de juntas.

Mesmo em meio a um momento de incertezas da economia global, no qual diversas empresas apostam em operações de "socorro" e o futuro de muitas companhias automobilísticas é incerto em função de quedas de demanda e, adicionalmente no mercado local, de prejuízos com operações financeiras de proteção contra seguidas valorizações do Real, a Freudenberg-NOK mantém seus investimentos para expandir sua participação no País. A empresa, líder mundial em vedações e integrante do Grupo Freudenberg, de origem alemã, anuncia a inauguração de uma nova linha de produção de juntas de borracha, parte de um programa de investimentos de mais de R$ 100 milhões em cinco anos. Deste total, já foram aprovados os aportes de mais de R$ 4 milhões neste ano para o desenvolvimento de novos produtos e modernização do parque industrial da Freudenberg-NOK.

"Decidimos manter os investimentos mesmo com o cenário atual devido à nossa condição econômica e financeira privilegiada, além de ser uma estratégia para driblar as dificuldades do mercado", declara o presidente da empresa no Brasil, George Luiz Rugitsky.

Segundo o executivo, a Freudenberg-NOK tem planos de preservar (podendo ampliar) os investimentos em novos produtos para viabilizar as estratégias anticrise dos clientes. "Esta nova área da companhia terá uma participação muito importante no nosso faturamento em um curto espaço de tempo em função da alta tecnologia, qualidade e competitividade diferenciada que dispõe", informa.

Outra prioridade da empresa é aplicar os recursos disponíveis no atendimento das necessidades do mercado. "Somos uma empresa de tecnologia e precisamos estar sempre prontos para garantir aos nossos clientes os investimentos em novos produtos e na criação de inovações capazes de ajudá-los a superar os desafios do mercado", ressalta Rugitsky.

Sobre a Freudenberg-NOK

A Freudenberg-NOK é uma joint venture formada pela união da alemã Freudenberg com a japonesa NOK. Atua com as unidades de negócios Freudenberg-NOK, Simrit, Corteco e Dichtomatik nos mais diversos segmentos, como o automotivo, industrial e reposição.

A companhia é especializada no desenvolvimento e produção de retentores,o-rings, vedações hidráulicas e pneumáticas. A Freudenberg-NOK é parte da Unidade de Negócios de Tecnologia em Controle de Vibração e Vedação, que em 2007 obteve um faturamento global de mais de ? 3 bilhões e um total de mais de 22,1 mil colaboradores.

Presente no Brasil desde 1973, a Freudenberg-NOK possui unidade fabril em Diadema (SP), onde emprega cerca de 600 pessoas. Além de atender a todas as montadoras e principais indústrias do país, exporta para a América Latina, Estados Unidos e Europa.

Sobre o Grupo Freudenberg

O Grupo Freudenberg, de origem alemã, atua nos segmentos de vedação, controle de vibrações, não-tecidos, lubrificantes especiais, agentes desmoldantes, filtração, dentre outros. Emprega mais de 34,5 mil pessoas em 53 países, com um faturamento anual acima de ? 5 bilhões.

No Brasil, está presente com seis empresas: Freudenberg-NOK, Freudenberg Não-Tecidos, Klüber Lubrication, EagleBurgmann, Chem-Trend e Vibracoustic (esta, uma joint venture).

Fonte: Maxpres

Nenhum comentário: