20 de fev de 2009

ESTUDANTE DE DIADEMA VAI ESTUDAR MEDICINA EM CUBA


Julia da Silva embarca para Cuba na próxima quarta-feira, 25


Por Odete Machado - PMD


A estudante Julia Paula da Silva, de 19 anos, que nasceu e mora em Diadema, está entre as bolsistas selecionadas para a Escola Latino Americana de Medicina (ELAM) e embarca para a capital de Cuba, Havana, na próxima quarta-feira, 25.


Julia participou, durante todo o ano de 2008, do Cursinho Pré-Vestibular Comunitário oferecido pela Educafro - Educação e Cidadania de Afrodescendentes e Carentes, entidade que conta com o apoio da Prefeitura de Diadema e utiliza o espaço da Escola Municipal Annete Melchioretto para as aulas dirigidas aos jovens do núcleo Eldorado da rede de cursinhos.
As bolsas da ELAM são oferecidas desde 1999 pelo Governo cubano, através de várias organizações brasileiras, entre elas a Educafro. Os selecionados têm os gastos com o curso, alojamento e alimentação pagos por Cuba, além de receberem uma pequena ajuda de custo.
Ficam a cargo dos bolsistas apenas as passagens aéreas para a IlhaA prioridade de bolsas é dirigida a jovens de famílias de baixa renda que dificilmente conseguiriam a oportunidade de cursar Medicina. Júlia mora com a mãe, a diarista Francisca Felix da Silva, e com o irmão Willian, de 14 anos. Entre as exigências para concorrer à bolsa está também a de ter estudado todo o período escolar em escola pública ou com bolsa. A estudante de Diadema cursou a Educação Infantil na EM Florestan Fernandes.
Contou também para a seleção a participação dos jovens em movimentos sociais, além de entrevista e prova realizada no Consulado de Cuba, na qual Júlia teve de escrever uma redação e responder a 60 questões de raciocínio lógico em 10 minutos. Julia também se preparou para a bolsa estudando espanhol e a cultura cubana. “Quem tem um objetivo não mede esforços para conquistar o que quer”, afirmou a bolsista de Diadema.

Nenhum comentário: