8 de jul de 2013

Saquinho de pão também serve para fazer publicidade

Cleiton Oliveira é o mais novo franqueado da Divulgapão na Região: “Já trabalhava com marketing e queria atuar em algo meu”. Foto: divulgação
Cleiton Oliveira é o mais novo franqueado da Divulgapão na Região: “Já trabalhava com marketing e queria atuar em algo meu”. Foto: divulgação
 

As microfranquias estão em plena expansão no Brasil nos últimos dois anos. O baixo investimento e o modelo pronto atrai diversos empreendedores para realizar o sonho de atuar no próprio negócio. O setor de serviço é um dos destaques, como a publicidade no saco de pão da Divulgapão. No ABCD são seis franqueados da marca e tem espaço para mais.

A Divulgapão é um exemplo de expansão de microfranquias. A marca foi criada em 2011 por um publicitário do sul do País, que percebeu no saco de pão um novo nicho de mercado para anúncios. Hoje a marca já conta com mais de 50 fraqueados, seis no ABCD. 

O perfil do mais novo franqueado da marca na Região, Cleiton Oliveira, é semelhante ao da maioria dos novos empreendedores que investem em um modelo de baixo investimento: o desejo de realizar o sonho de ser dono do próprio negócio. “Já trabalhava na área de marketing e queria atuar em algo meu. O modelo desta franquia me chamou atenção pelo tipo de serviço oferecido que percebi que se encaixaria com o meu perfil, atrelado ao baixo  valor do investimento”.

A maioria das microfranquias está ligada à prestação de serviços como reformas, jardinagem, reforço escolar, aulas particulares, fisioterapia, manutenção de computadores, tratamento de beleza, entre outros. 

Mídia - No ABCD, a marca tem duas unidades em Santo André, além de outras em São Bernardo, São Caetano, Mauá e Diadema. O anúncio é vendido pelo próprio franqueado e impresso nos saquinhos para  cinco quilos de pão e distribuídos em padarias e mercados, que recebem gratuitamente as embalagens.

Os anunciantes geralmente são de pequenos comércios nas imediações das padarias e marcas como telefonia. “A padaria economiza na compra deste tamanho de saco de pão, que geralmente é o mais utilizado”, explicou Oliveira.

Em uma padaria do Centro de Diadema são vendidos seis mil pães diariamente, a maioria compra de sete a nove pães, que cabem na embalagem. A proprietária da padaria, Aline Aquino Valverde, afirmou que a economia na compra deste modelo de saco de pão é de R$ 1.200. “ Para nós é uma economia e tanto. Vale a pena a parceria”.

Sistema tem vantagem mas exige cuidado
“A principal dica para quem está pensando em montar uma franquia é perceber se o modelo de negócio tem a ver com o seu perfil, inclusive para cumprir algumas regras impostas pelas franquias. E como são muitas novas marcas, verificar se é um modelo sólido mesmo”, explicou o consultor do  Sebrae (Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas), Leandro Reale Perez.

As microfranquias estão disponíveis com variados valores de investimentos. Os franqueados recebem pesquisa de mercado, logotipo, presença no mercado da marca e as técnicas para o gerenciamento do negócio. 

O Brasil conta  atualmente com 2.426 marcas de franquias, com  104.543 unidades que geraram em 2012 um faturamento de R$103 bilhões. Neste cenário,  as microfranquias representam 368 marcas com 13.352 unidades e geram R$ 4 bilhões de faturamento.  

De acordo com Edson Ramuth, diretor de microfranquias da ABF (Associação Brasileira de Franchising), este modelo de negócio cresceu 25% nos últimos dois anos. “Pequenos empreendimentos de sucesso estão sendo franqueados. O baixo investimento é um dos principais atrativos. Os segmentos de serviços ganham destaque por não precisar investir em estoque e ser mais simples de gerenciar”. 

fonte: Michelly Cyrillo - ABCD MAIOR

Nenhum comentário: