27 de jun de 2009

Montadora Haobao vai se mudar para a região

A montadora de motocicletas Haobao, que tem fábrica na Zona Franca de Manaus (AM), vai transferir seu departamento comercial, centro técnico e o departamento de peças da capital do Amazonas para o Grande ABC até o fim do ano.

A empresa, cuja matriz mundial fica na China e que comercializa no Brasil em torno de 700 motos por mês (0,5% de participação no mercado nacional), faz a mudança com o objetivo de acelerar sua expansão no País.

Segundo o diretor comercial, Mauro Angeli, já há prospecção de espaços para a transferência em São Bernardo, São Caetano ou Diadema. O investimento não será alto, mas o executivo destacou que todo o faturamento será feito pela região, o que trará benefícios em termos de arrecadação de tributos para o Grande ABC.

Dentre os fatores que levam a empresa a tomar a decisão estão o de se aproximar do principal mercado consumidor do País (a região metropolitana de São Paulo, que responde por quase 25% das vendas do setor) e ficar mais próximo também da rede de fornecedores de motopeças, muitas delas localizadas nos sete municípios.

A proximidade com o Porto de Santos e a construção do trecho Sul do Rodoanel, que facilitará o escoamento dos produtos, também foram destacados pelo executivo como pontos que justificam a escolha.

META - A fabricante tem meta de chegar a 1% de participação no ano que vem. Para isso, além da transferência das operações, a companhia quer ampliar a rede de revendas.

No Grande ABC, há desde maio três concessionárias autorizadas da marca (em São Bernardo, Diadema e São Caetano), que pertencem ao grupo Motolab.

Os planos da rede são ter mais duas lojas na região, em Santo André e Mauá, até o fim do ano. Segundo o gerente geral da Motolab, José Emanuel Lemes, o grupo deve investir de R$ 600 mil a R$ 700 mil na abertura das unidades e na reforma e adequação dos estabelecimentos existentes para o visual da Haobao. Ele espera chegar ao fim do ano com a comercialização de 150 motos por mês no Grande ABC.

Leone Farias
Do Diário do Grande ABC

Um comentário:

Anônimo disse...

VAMOS TORCER POR DIADEMA.