16 de mai de 2009

S.Caetano terá nota fiscal eletrônica a partir de 2ª

Soraia Abreu Pedrozo
Do Diário do Grande ABC

Os 11 mil prestadores de serviço de São Caetano terão, a partir de segunda-feira, a opção de utilizar a NF-e (Nota Fiscal Eletrônica) para o recolhimento do ISS (Imposto Sobre Serviço). Ontem foi lançada oficialmente a ferramenta, em evento no Atende Fácil, com a presença do prefeito da cidade José Auricchio Júnior e da secretária municipal da Fazenda, Sonia Aparecida Nogueira.

Empresas de contabilidade, consultorias, academias de ginástica, mecânicas e salões de cabeleireiro são alguns dos exemplos que poderão aderir à NF-e. "Lembramos que ainda assim, não haverá migração de sistemas, apenas estamos oferecendo uma opção mais prática, ágil e econômica, o uso será facultativo", afirmou Sonia.

UTILIZAÇÃO - Para solicitar a Nota Fiscal Eletrônica, o prestador de serviços deverá acessar o site da Prefeitura, clicar em GissOnline, informar a identificação e senha. No menu do prestador, em opções de atendimento, o usuário terá de clicar em AIDF (Autorização para Impressão de Documentos Fiscais) e fazer a opção eletrônica.

Quando a AIDF for aprovada, o usuário encontrará a identificação e senha para acesso ao site da Nota Fiscal Eletrônica, cujo endereço é http://notafiscaleletronica.giss.com.br. A partir de então, basta seguir as instruções em tela.

Segundo a secretária da Fazenda, o sistema é interativo. "Mesmo assim, a administração vai oferecer total assistência e suporte, disponibilizando um chat para tirar dúvidas online".

VANTAGENS - Na avaliação do prefeito Auricchio, a Nota Fiscal Eletrônica "elimina etapas, intermediários, reduz custos e garante um ambiente de justiça fiscal".

Sonia ressaltou que o tomador do serviço terá como benefício a confiabilidade do sistema e do documento, que é autenticado pela Prefeitura. "A NF-e é de total segurança e confiabilidade no conceito de inteligência fiscal eletrônica. As informações das notas emitidas ficam instantaneamente registradas no ambiente eltrônico, organizadas na Prefeitura e escrituradas automaticamente sem a possibilidade de haver desencontro de informações entre a nota emititida e a nota escriturada".

A autenticidade das Notas Fiscais, de acordo com a secretária, é comprovada pelo Portal Informe. "Ao acessar www.informe.issqn.com.br pode-se confirmar a veracidade na NF-e", afirmou.

Embora a Nota Fiscal Eletrônica do município de São Paulo ofereça abatimento no IPTU (Imposto Predial e Territorial Urbano), a de São Caetano ainda não prevê ação semelhante.

Como medida para elevar a arrecadação do ISS - e, dessa maneira, compensar as perdas com os repasses do ICMS provocadas pela crise financeira internacional - Diadema deve aderir à NF-e ainda neste ano.

Nenhum comentário: