10 de mar de 2009

Hospital Serraria fica em 21º em ranking do Estado

Uma pesquisa da Secretaria de Estado da Saúde divulgou, pela primeira vez na história, o ranking dos dez melhores hospitais e as cinco melhores maternidades públicas do Estado de São Paulo na avaliação dos usuários do SUS (Sistema Único de Saúde). O levantamento ouviu 60,2 mil pacientes que passaram por internações e exames em cerca de 500 estabelecimentos de saúde conveniados à rede pública paulista nos meses de novembro e dezembro de 2007 e abril e junho de 2008.

Os ABCD tem dois hospitais estaduais: o Mario Covas, em Santo André, e o Serraria, em Diadema. O levantamento dos usuários colocou o hospital de Diadema em 21° lugar entre os 45 melhores, com nota média de 9,136 pontos. Já o de Santo André não apareceu na lista divulgada pelo governo do Estado.

O Hospital Estadual Serraria, em Diadema, é coordenado pela Unifesp (Universidade Federal de São Paulo). O superintendente do Hospital, Dr. Mario Hideo Kano, afirmou que a colocação foi uma recompensa esperada. “Trabalhamos muito para ficar entre os melhores do Estado e, se pensarmos que concorremos com 500 unidades, a colocação foi excelente”, garante. De acordo com Kano, este não é o primeiro prêmio que o hospital recebe. “Em 2002 ficamos em terceiro lugar num ranking federal, e em primeiro lugar na escala estadual."

De acordo com a assessoria de imprensa do Hospital Estadual Mario Covas, em Santo André, a instituição ainda não foi informada pela Secretaria de Saúde a respeito de sua colocação e só se pronunciaria a respeito nesta terça-feira (10/03).


A entrega do prêmio, que aconteceu na última sexta feira (06/03), levou em consideração a pontuação média entre as unidades que tiveram mais de 100 respostas encaminhadas pelos usuários. E as questões respondidas envolviam o grau de satisfação com o atendimento recebido pelos pacientes, nível do serviço e dos profissionais que prestaram o atendimento, qualidade das acomodações e tempo de espera para a internação.


Números gerais - O primeiro colocado na categoria internação foi o Hospital do Rim e Hipertensão, na capital paulista, com nota média de 9,349. Em segundo lugar, com nota 9,344, ficou o Hospital das Clínicas de Ribeirão Preto, ligado à Secretaria, e, em terceiro, a unidade materno-infantil do Hospital das Clínicas de Marília, com nota 9,244.


De acordo com o secretário de Estado da Saúde, Luiz Roberto Barradas Barata os hospitais são motivo de orgulho para o SUS. "Quem atesta a qualidade são os próprios usuários. Essa pesquisa de satisfação foi fundamental para avaliar o que vem sendo bem feito na área de assistência hospitalar e o que precisa ser aperfeiçoado", disse.

Nenhum comentário: