28 de fev de 2014

Prefeitura de Diadema implanta a ISO 9001

O Programa de Qualidade e Transparência dos Gastos Públicos anunciado pela prefeitura de Diadema pretende adequar a gestão do município às normas da certificação internacional. A ISO 9001 é uma norma usada por empresas e órgãos públicos no mundo todo e seu objetivo é garantir a qualidade na prestação de serviços, com ênfase na transparência da administração.

“Estamos implantando a ISO porque temos o compromisso com o cidadão e responsabilidade. Quero que a Prefeitura preste serviços de qualidade para a população”, afirma o prefeito de Diadema, Lauro Michels.

O primeiro passo para obter este “selo de qualidade” é promover a reformulação no modelo de gestão pública. Para isso, a prefeitura anunciou que vai estudar e trabalhar estratégias para melhoria da qualidade de atendimento à população; da agilidade nas ações de Governo e a consolidação do Plano de Governo. Essa força-tarefa será realizada em etapas, trabalhando uma secretaria por vez, com reuniões para analisar a situação financeira e orçamentária de cada pasta, a produtividade dos funcionários, entre outros.

Depois de feito o diagnóstico de cada secretaria, a administração vai buscar soluções para garantir a qualidade de atendimento, redução de emergências e atrasos e melhoria dos fornecedores. O processo vai começar com as duas áreas onde a cobrança da população e maior: Saúde e Educação. Para comprovar a eficácia das mudanças, a prefeitura vai aplicar pesquisas de satisfação aos munícipes. “Isso é moderno, é responsabilidade, é compromisso, e é necessário. A população tem o direito a um serviço público de qualidade”, diz Michels.

MAIS

Prazo não é fixo
Não existe um prazo fixo para se obter a ISO 9001. “Há empresas ou órgãos públicos que conseguiram em 40 dias e casos de prefeituras que conseguiram obter a certificação em dez meses”, pondera o consultor em certificações, Rodrigo Furniel.

Manutenção contínua
Uma vez obtida a certificação ela precisa ser renovada todo ano. Para isso, é feita uma auditoria de manutenção que verifica se há melhoria contínua dos processos. “Se esses requisitos não forem cumpridos, a prefeitura pode perder a certificação”, finaliza o consultor.

40 
dias é o prazo em que algumas prefeituras já conseguiram a certificação. Outras levaram até 10 meses

fontes: MARIA DO CARMO CAÇADOR - agência bom dia

Nenhum comentário: