15 de dez de 2013

Prefeitura entrega 232 moradias em Diadema

A Prefeitura de Diadema entregou ontem pela manhã 232 chaves das unidades do Conjunto Habitacional Gema, no Jardim Campanário. As moradias são as primeiras entregues pelo programa do governo federal Minha Casa, Minha Vida.
Para que os apartamentos fossem construídos, foi necessário investimento de R$ 13,4 milhões – valor desembolsado pela Caixa Econômica Federal. O empreendimento é destinado às famílias que recebem até três salários-mínimos (ou seja, até R$ 2.034), por meio do FARPrefeitura (Fundo de Arrendamento Residencial). De acordo com a administração municipal, os moradores devem pagar o financiamento de suas casas em até dez anos, utilizando limite de 5% da renda familiar, o que pode variar entre R$ 20 e R$ 80 mensais. “O objetivo do programa federal está sendo cumprido: levar moradia de qualidade para todos”, assinalou o gerente regional da Caixa, Rafael Arcanjo.
O casal Igor e Amanda Soares, ambos com 33 anos, estavam ansiosos para receber as chaves da nova casa. “As obras demoraram cerca de dois anos. Agora a gente não vê a hora de mudar para a nossa casinha. É um sonho realizado.” Ele, que é auxiliar de produção, contou que atualmente mora em um cômodo cedido e que, com a baixa parcela, o salário será melhor administrado. “Com a renda de R$ 1.400 vamos ter mais verba para gastar em outras coisas.”
De acordo com a Prefeitura de Diadema, os futuros moradores são famílias desabrigadas de áreas de risco e insalubres e famílias residentes que se inscreveram e passaram por processo seletivo, que estabeleceu critérios como renda familiar, mulheres responsáveis pela unidade familiar e tempo de moradia na cidade, entre outros. Do total dos contemplados, 50% estavam inscritos no programa do governo federal e a outra metade na Associação dos Sem Teto Taboão. Contam, até o momento, com o auxílio-moradia – que varia de acordo com a renda.
“Tudo muda na vida de uma pessoa quando ela passa a ter um endereço fixo. Isso traz dignidade e alegria. Essas famílias poderão cear na noite de Natal dentro de suas casas próprias”, enfatizou o prefeito da cidade, Lauro Michels.
Também participaram da entrega das chaves autoridades como os deputados estaduais Orlando Morando (PSDB) e Regina Gonçalves (PV) e a vice-prefeita Silvana Guarnieri.
Blocos
Os apartamentos de 42 metros quadrados estão divididos em 20 blocos de cinco pavimentos. Cada unidade possui dois quartos, sala, cozinha, banheiro e área de serviço. “Nem acredito que vamos ter nossa casa. Chego a ficar arrepiado de tanta emoção”, descreveu o segurança Evaldo Machado, 41, que irá dividir a casa com sua mãe, a aposentada Maria, 66. Há oito anos, mãe e filho desembolsaram R$ 600 em aluguel. “Isso porque o dono do imóvel era camarada e não reajustou o valor.” A partir de agora os dois pretendem viver mais tranquilamente, já que terão mais dinheiro no bolso.
A vendedora Márcia Coelho, 42, já planeja a mudança com o filho para o próximo fim de semana. “Só agora estou conquistando algo que é meu. Isso me traz alívio, já que tenho um pequeno que depende de mim. Fora isso, ainda sobraram R$ 400 do aluguel que serão gastos para melhorar nosso padrão de vida”, comemorou.
De acordo com o secretário de Habitação do município, Eduardo Monteiro, neste ano já foram entregues 393 unidades populares. Para 2014 está prevista a entrega de outras 720 moradias. Há uma semana, o governo de Lauro entregou 40 unidades do Condomínio Residencial Vitória, no bairro Conceição. O projeto integra parceria entre os governos do Estado, por meio da Agência Casa Paulista, e o federal, pelo Minha Casa, Minha Vida. O empreendimento teve aporte de R$ 3,8 milhões e a inauguração contou com a presença do governador Geraldo Alckmin (PSDB).
fonte: Tauana Marin - Do Diário do Grande ABC


Nenhum comentário: