24 de mai de 2017

Casa do Construtor inaugura primeira unidade em Diadema


A Casa do Construtor abre neste sábado (27/5) sua primeira loja em Diadema. Atualmente existem duas unidades na região, em São Bernardo e Santo André. Com a inauguração, a rede, maior franquia de locação de equipamentos de pequeno porte para a construção civil, alcança a marca de 116 franquias no Estado de São Paulo e 250 franquias em todo o País. A franquia prevê ainda ampliação para Ribeirão Pires e Mauá.
A nova unidade, com investimento de R$ 500 mil, segue o modelo padrão da Casa do Construtor que é referência no segmento da construção civil. Com área média de 350 m2, a loja oferece mais de 70 opções para construção civil e varejo. “Os produtos são atraentes para consumidores que desejam mexer desde a manutenção até o mercado ativo. Nos próximos três meses devemos ainda inaugurar a unidade de São Caetano e temos interesse em ampliar para Ribeirão Pires e Mauá”, adianta o consultor de expansão da Casa do Construtor, Renato Almeida.
Os clientes podem alugar equipamentos como ferramentas elétricas, rompedores, compactadores, betoneiras e estruturas metálicas, além de instrumentos para limpeza e jardinagem. “Trata-se de um polo de grande importância para a expansão da rede e uma região com alto potencial de vendas. A inauguração de nossa primeira loja em Diadema chega para atender ao público da região e ampliar cada vez mais nossos negócios no Grande ABC e entorno”, comemora Alexandre Lorenzon, gerente de expansão da Casa do Construtor.
Para 2017, além de 14 unidades somente no estado de São Paulo, a Casa do Construtor projeta outras 15 lojas em estados como, Minas Gerais e Rio Grande do Sul, mas também, em localidades concentradas nas regiões Norte e Nordeste do País, onde a rede enxerga grande potencial para os negócios. Das unidades, 10% são lojas próprias e 22% franquias. Para alcançar a meta, a rede adota quatro estratégias: Loja nova, conversão de bandeira, expansão interna e o lançamento de unidades +Rental, modelo de franquia compacto, para cidades de até 50 mil habitantes, instalado dentro de lojas de material de construção.
 Repórter Diário

Nenhum comentário: