17 de dez de 2013

O ABCD apresentou uma ligeira queda de 2.9% no PIB


O ABCD apresentou  uma ligeira queda de 2.9% no PIB (Produto Interno Bruto) em 2011 em relação a 2010. O total de bens e serviços produzidos na Região foi de R$87.689milhões. São Bernardo foi o município de destaque ocupando o 5º melhor resultado do Estado. Os dados foram  divulgado nesta terça-feira (17/12) pela Fundação Seade (Fundação Sistema Estadual de Análise de Dados).



Em 2010, o resultado do PIB da Região foi de R$84.857milhões na Região, e apesar do aparente crescimento em 2011 para  R$87.689milhões o economista Sandro Maskio, afirmou que o alto valor da inflação deste período impactou negativamente o valor total  dos bens e serviços produzidos no ABCD. "A inflação foi de 6,49% no período divulgado pelo estudo e afeta diretamente nas variações de preço dos bens e serviços produzidos, portanto nós tivemos uma pequena queda no PIB de 2,9%”.



O peso da indústria na Região Metropolitana de São Paulo que diminuiu também reflete no resultado do PIB. “O ABCD que é conhecido principalmente pelo parque industrial automotivo, vê agora o interior do estado sendo atualmente o maior parque industrial do setor. Muitas empresas estão migrando ou expandindo pelo interior ou em outros estados por uma série de fatores”, explicou o economista.

O principal exemplo do peso da indústria no PIB de um município é o resultado de São Bernardo que apresentou o valor de R$36.337milhões em 2011,cerca de R$754mil a mais que o ano anterior. As montadoras instaladas na cidade é que elevam o resultado e mantém a 5º posição no ranking estadual desde 2000.

O secretário de desenvolvimento econômico de São Bernardo, Jefferson da Conceição explicou a importância do PIB para o desenvolvimento da cidade. “Com o PIB elevado é possível atrair investimentos para o município e ampliar a oferta de comércio e serviços. Nos últimos anos tivemos  uma expansão de empreendimentos comerciais como  os novos shoppings e empresas  prestadoras de serviços. Além de grandes empreendimentos imobiliários residenciais e comerciais, nova rede hoteleira que se instalará no município, entre outros.”

O municípios com melhores resultados em 2011 foram: São Paulo( R$ 477.005milhões)
Guarulhos (R$ 43.476milhões),  Campinas (R$40.525milhões), Osasco (R$ 39.283milhões).

Outra pesquisa do PIB
O Índice iABC, criado pelo Observatório Econômico da Universidade Metodista de São Paulo, divulgou no inicio do mês de dezembro um estudo sobre o PIB de 2012 do ABCD  utilizando outra metodologia para captação dos dados. O  Índice iABC é baseado nas informações divulgadas pelos principais órgãos de pesquisa como Fundação Seade, Dieese (Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos), MDIC (Ministério da Indústria e Comércio). 

Já o estudo da Fundação Seade divulgada nesta terça-feira ( 17/12) é relativo ao PIB de 2011 e com  dados desenvolvidos conjuntamente pelo IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística).

Confira o PIB da Região.

     Municipios                     PIB em milhões de reais                   Ranking no estado
                                                   2010                    2011                      2010          2011

São Bernardo                      35.583,49      36.337,34                      5              5
Santo André                        17.260,59       17.664,72                    10            12
Diadema                             11.256,03       11.786,62                    13            13
São Caetano                       11.002,88       11.762,24                   14            14 
Mauá                                      7.350,83         7.633,78                    23             23
Ribeirão Pires                      1.889,06         1.978,26                     86             87
Rio Grande da Serra              487,13           529,41                    208          210

fonte: Michelly Cyrillo - ABCD MAIOR

Nenhum comentário: