24 de out de 2013

Alckmin assina convênios e confirma metrô em Diadema

O governador Geraldo Alckmin (PSDB) assinou uma série de convênios entre o governo do Estado de São Paulo e as prefeituras do Grande ABC nesta quinta-feira, durante visita ao Teatro Paulo Machado de Carvalho, em São Caetano.
As parcerias contemplam a construção do IML (Instituto Médico Legal) de Mauá e de Poupatempos e unidades da rede Lucy Montoro para as cidades de Diadema e Santo André.

Além disso, o chefe paulista anunciou R$ 10 milhões de emendas parlamentares para custeio do Hospital Estadual Mário Covas, em Santo André, criação do conselho de integração da CPTM (Companhia Paulista de Trens Metropolitanos) em Mauá, contratação de policiais técnico-científicos para a região, reforço da PM (Polícia Militar), compensação de R$ 7,7 milhões para Mauá por conta do Rodoanel Sul e construção de uma ETEC (Escola Técnica Estadual) para Rio Grande da Serra, cujas inscrições estão abertas até hoje. No total, 40 vagas estão disponíveis para manutenção e suporte de informática.

Metrô – Alckmin fez ainda um dos anúncios mais aguardados de hoje: a extensão da linha 17-Ouro do Metrô (Jabaquara-Morumbi, passando pelo aeroporto de Congonhas) para Diadema, a segunda prevista para a região.

O governador explicou que, para isso, o Consórcio Intermunicipal e a Prefeitura de Diadema terão de fazer um estudo a fim de desenhar a linha.

Terminado o evento, Alckmin tomou um café em uma padaria no bairro Olímpio, também em São Caetano, e partiu para o Palácio dos Bandeirantes, na Capital, de helicóptero.  

fonte: Raphael Rocha - DGABC

Nenhum comentário: