13 de jan de 2011

Futebol de Diadema já tem mascote



O time caçula do Grande ABC lançou sua mascote com grande imponência. O CAD (Clube Atlético Diadema) inovou, deixou de lado os habituais animais ou santos e adotou um imperador romano como símbolo da equipe, que neste ano deve fazer sua estreia em competições profissionais no Campeonato Paulista da Segunda Divisão. A escolha se deu em virtude do significado da palavra Diadema, que quer dizer símbolo de nobreza, e em referência ao brasão da cidade, que leva uma coroa. Assim, o CAD quer conquistar a região.
O responsável pela criação foi o pai de outras mascotes de clubes da região, o cartunista Juarez Corrêa. A princípio, segundo ele, a ideia não era fazer um imperador, mas sim um animal.
"O pessoal da Prefeitura queria um leão, que é o rei dos animais. Mas muitos times já levam essa mascote (o Sport, o Avaí e o Mirassol são três dos muitos exemplos). Então pensamos em outra coisa, que fizesse referência à coroa e à realeza, e em uma reunião com o presidente (Paulo Lofreta) decidimos pelo imperador", explica Juarez.
O cartunista já havia criado as mascotes do Palestra e do EC São Bernardo (respectivamente Dogão e Bernardão, ambos cachorros da raça de mesmo nome da cidade), do São Bernardo FC (Tigre), do Grêmio Mauaense (Locomotiva) e do Santo André (Ramalhão). A primeira mascote do São Caetano (Azulão) também foi de autoria de Juarez, mas a diretoria alterou o símbolo.
O imperador é inédito no mundo das mascotes, de acordo com o criador, que é autor de livro com mais de 400 delas. "Os que têm algo mais próximo são o Grêmio Osasco, que tem um soldado, e o Potiguar-RN, que é um príncipe", conclui Juarez.
fonte: 

Dérek Bittencourt
Do Diário do Grande ABC



4 comentários:

Anônimo disse...

Estou impressionado! Tem tudo a ver com a cidade!!!!
A prefeitura poderia ao menos consultar a população para escolher este mascote, certamente seria menos ridículo.
Quer mostrar realeza o faça com Portugal, não com romanos que nada tem em comum com Diadema e seu povo.
Lamento por essa administração incapaz de criar um simples mascote que contextualize e represente algo comum a cidade.
Enquanto os países do mundo inteiro tentam preservar sua cultura, fomentando as participações populares, resgatando raízes, lutando contra a globalização de costumes, inserida pelo sistema econômico dominante, a Prefeitura de Diadema nomeada por essa "CAMBADA" de ignorantes esforça-se para aculturar o povo.
Parabéns Diadema está muito bem representada, próximo passo será falar italiano.

Anônimo disse...

blá blá blá...

Anônimo disse...

Vamos por o MACUNAÍMA como mascote do time assim estaremos bem representados.

Anônimo disse...

Poderia ser uma onça referente às onças que existiam na região há algumas décadas. Teria mais sentido!