12 de nov de 2014

Diadema avalia parceiro privado para iluminação pública e lixo




A Prefeitura de Diadema, na Grande São Paulo, planeja buscar parceiros
privados para investimentos em três diferentes segmentos.
Após a aprovação da lei geral das PPPs na Câmara do município, há cerca de
15 dias, o governo vai lançar estudos para projetos de iluminação pública, lixo
e infraestrutura administrativa.
Na área de iluminação, o objetivo é modernizar a rede, com o uso de
tecnologia LED.

"Avaliamos os modelos que outras localidades estão adotando, como a
Prefeitura de São Paulo", diz Francisco Rocha, secretário de Finanças de
Diadema.

Na capital, a PPP da iluminação, que deverá receber um aporte de R$ 2
bilhões, terá uma audiência pública nesta quinta-feira (13). Em Diadema,
ainda não há um valor definido para o projeto.
Para a gestão dos resíduos sólidos, a ideia é criar alternativas para o destino
final do lixo do município. Hoje, o material coletado precisa ser levado até um
aterro na cidade de Mauá.

"Só com essa atividade de transbordo do lixo nós temos uma despesa mensal
de quase R$ 1,6 milhão, sem contar o custo da coleta", afirma o secretário.
O terceiro projeto prevê um centro administrativo para unificar serviços que
hoje estão espalhados por cerca de 150 imóveis no município.

fonte:  mercado aberto FOLHA


Nenhum comentário: