25 de fev de 2014

Vininha e Quiznos chegam com lanche rápido no ABC

Kaminski quer cinco lojas no ABC. Foto: Divulgação
A disputa pelo potencial de consumo alimentício do ABC ganhou mais duas marcas: a curitibana Vininha Minisanduíches e a norte-americana Quiznos Sub. A primeira inaugura esta semana a primeira unidade na região, na avenida Caminho do Mar, 1065, em São Bernardo. É a 27ª da rede, que planeja 550 até 2017, oito só na região. A aposta tem a ver com um nicho de mercado: lanches rápidos quentinhos, servidos em pequenas porções e em embalagem individual, na medida para matar aquela fome da moçada, de 20 a 40 anos, durante o expediente ou em reuniões corporativas.
Rodrigo Miranda, fundador da empresa, diz que é aquele lanchinho rápido que todo mundo precisa, mas não consegue dar um pulo na rua. "É prático, gostoso e saudável, para criança grande", brinca. O cardápio reproduz, em 11 sabores doces e salgados, opções que o consumidor aprecia, no sistema delivery e balcão. Entre elas, calabrinha, burguinha, carne seca, corn bacon, frango, vininha (salsicha no Sul) e chocolate, em caixas com 20 até 50 unidades. A caixa serve depois de jogo para a equipe.
Para Miranda, ter a primeira loja no ABC reforça a importância que a rede conquista ao entrar em um dos mercados mais importantes do País e que se prepara para entrar na Capital. Em São Bernardo, a loja é do franqueado Fábio Ferreira.
A Vininha planeja mais outra loja em São Bernardo, duas em Santo André, e mais quatro, entre Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e São Caetano. O investimento para o franqueado vai de R$ 130 mil, para loja de 35 m², a R$ 209 mil na grande com 70 m².
Pão tostado
A Quiznos Sub, rede de sanduíches rápidos, planeja cinco lojas no ABC. A empresa, que possui 40 endereços no País e quer chegar a 400 em sete anos, abriu a segunda unidade, no Atrium, em Santo André. Em São Caetano, já negocia com outro franqueado. A região faz parte da estratégia da marca, que é entrar com 20 lojas na Grande SP antes de ingressar na Capital.

Diadema e, novamente, Santo André abrigarão a quarta e quinta unidades da empresa. Roberto Kaminski, diretor executivo da Premium Fast Food Brasil, responsável pela expansão, diz que fez pesquisa, a qual apontou que tem mercado para isso. "Queremos estudar em mercados com forte crescimento e depois atuarmos com sete unidades em São Paulo, também em shoppings e lojas de rua", comenta o diretor da empresa, que no ABC está desde outubro no Golden, em São Bernardo.
O investimento numa loja da rede varia de R$ 230 mil a R$ 350 mil, de acordo com a construção do local. No formato shopping, a marca atua com unidade pequena, de 28 m², enquanto de rua a versão indicada é para 70 a 80 m². A rede é especializada em sanduíches no pão tostado, com molhos criados por chefs internacionais.
fonte: Maria do Socorro Diogo - REPÓRTER DIÁRIO

Nenhum comentário: