29 de dez de 2013

Escola de Vela de Diadema inicia preparação de alunos


Lançado no aniversário da represa Billings, em março, o projeto da Escola de Artes Náuticas (Escola Municipal de Velas) de Diadema inicia o ano com a preparação dos primeiros integrantes. Segundo a secretária de Meio Ambiente do município, Denise Ventrice, no primeiro momento serão cinco turmas, totalizando 160 alunos do ensino público com idades entre 8 e 12 anos. “O projeto-piloto começará com alunos de escolas próximas ao Clube Mané Garrincha, para facilitar o acesso às aulas de natação. Depois, ainda na piscina, os estudantes terão noções de artes náuticas, antes de, propriamente dito, entrar no barco. Posteriormente, nossa ideia é a implementação do curso de marcenaria náutica. Vamos focar no lazer, na qualidade de vida, mas também na capacitação profissional”, destacou.
O projeto, que integra as secretarias de Meio Ambiente, Educação, Assistência Social e Esportes, faz parte de planejamento maior, que é revitalizar a região do Eldorado e resgatar seu potencial turístico. A finalização da parte de infraestrutura está prevista para setembro. A Secretaria de Meio Ambiente está trabalhando na obtenção das licenças junto à Companhia Ambiental do Estado de São Paulo (Cetesb) e à Empresa Metropolitana de Águas e Energia S.A. (Emae), responsável pela área onde será construída a parte física da escola. “O projeto está bem avançado nessa questão.”
No começo do ano letivo terão início as aulas de natação, previsto para março, bem como a preparação para implementação da parte estrutural da escola, que ficará localizada na Prainha, no Eldorado. Será realizada a limpeza das margens da Billings, além do desassoreamento do local, que receberá o píer. “Nos ‘45 do segundo tempo’ conseguimos um píer para Diadema, dentre os oito que seriam destinados para a represa do Guarapiranga”, destacou a secretária, ao ressaltar o apoio de velejadores consagrados ao projeto. “Contamos com Jorge Ubirajara, que abraçou o projeto, e há expectativa de outras parcerias de peso. A escola tem tudo para ser um sucesso.”
Revitalização

A revitalização da região do Eldorado visa à recuperação da vocação turística da área, ao fortalecimento do comércio local, além de atrair mais investimentos e receitas para a cidade. Segundo a secretária, o projeto demanda melhorias da estrutura dos equipamentos de saúde do entorno, da segurança, além da revitalização dos parques.

“Antigamente havia em­preendimentos na região que viviam lotados. Isso já foi a nossa realidade. É possível ser de novo. Com o desassoreamento da represa e a escola de velas funcionando, as pessoas vão notar a mudança e voltar a frequentar a região. Vai ser um movimento natural”, destacou.
Para Denise, além de resgatar o potencial turístico da região, o projeto vai trazer mais dignidade aos moradores de Eldorado, uma das regiões carentes do município. “Graças a Deus, neste governo a população conseguiu acesso a áreas que não tinha antes. Como exemplo podemos citar o teatro, com diversas peças de sucesso, a vinda de um circo para Diadema, o Natal Iluminado. Estamos vivendo um período de mudanças, inclusive culturais, e posso falar com propriedade, pois sou daqui. Meus filhos foram criados aqui. É apenas o início”, pontuou.
fonte:  Angelica Richter - DIÁRIO REGIONAL

Nenhum comentário: