19 de out de 2013

COMEÇA OBRA DE MARGINAIS AO RIBEIRÃO DOS COUROS


 
Obra ligará av. Piraporinha ao Corredor ABD. Foto: Divulgação/Valmir Franzoi/PMSB
Obra ligará av. Piraporinha ao Corredor ABD. Foto: Divulgação/Valmir Franzoi/PMSB


A Prefeitura de São Bernardo deu início à construção das avenidas marginais ao ribeirão dos Couros, no trecho entre a rua Dona Maria Fidélis e as proximidades da via Anchieta.

A intervenção, com três faixas de rolamento em cada sentido e 1,36 km de extensão, é complementar à canalização do córrego, que já está 70% concluída. A obra foi iniciada em abril e contempla a urbanização e recuperação ambiental do entorno, abrangendo a região dos bairros Piraporinha e Jordanópolis, beneficiando cerca de 120 mil pessoas.

O novo viário interligará a avenida Piraporinha ao Corredor ABD, criando nova alternativa de acesso à Diadema e Santo André. Ainda faz parte do projeto a construção de dois viadutos para transposição das pistas do Anel Viário Metropolitano sobre o ribeirão dos Couros e a avenida 31 de Março, além da implantação de corredor exclusivo de ônibus.

As melhorias serão sentidas diretamente pelos moradores do Jordanópolis, Independência e também da região do Alvarenga, que terão caminho mais curto para Paulicéia, Taboão e Rudge Ramos, não precisando mais utilizar a via Anchieta e o Centro da cidade. Isso diminuirá sensivelmente o trânsito da região, principalmente na Avenida Piraporinha.

A corretora de imóveis Isabel Carmacio, moradora do Jordanópolis, tem boas expectativas quanto às melhorias que serão proporcionadas com a intervenção. “Acho que vai melhorar muito o trânsito da avenida Piraporinha. Faz tempo que essa obra está sendo esperada pela população”, afirmou.

Já o aposentado Antônio Martins acredita que os transtornos da obra serão recompensados. “Essas melhorias vão valorizar muito essa região. Até já recebi oferta de pessoas querendo comprar minha casa”, disse.

Os investimentos abrangem R$ 200 milhões em recursos do PAC da ordem de R$ 107 milhões, além de mais R$ 90 milhões do PAC Mobilidade Grandes Cidades. O prazo de entrega é de 24 meses a partir do início da obra.

fonte: ABCD MAIOR

Nenhum comentário: