25 de nov de 2011

Diadema implanta novo sistema de transporte público: frota 100% 0 km e adaptada entra em operação dia 26


Diadema (SP) – A partir deste sábado, 26 de novembro, o transporte coletivo de Diadema, cidade da região metropolitana de São Paulo, entrará numa nova e histórica fase: todos os 194 ônibus da frota municipal serão zero quilômetro e adaptados ao transporte de pessoas com mobilidade reduzida, fato inédito no Brasil, segundo a ANTT – Agência Nacional de Transportes   Terrestres. Para celebrar a boa nova, a Prefeitura preparou uma surpresa: o Dia da Catraca Livre, no domingo, dia 27. Ou seja, nesse dia os usuários não pagarão passagem.

O prefeito de Diadema fará a apresentação da nova frota nesta sexta-feira, 25, às 14h, durante o 1º Congresso da Cidade, que acontece de 24 a 26 de novembro, no Teatro Clara Nunes. Nessa data, os participantes terão a oportunidade de conhecer detalhes do processo de concessão das linhas da ETCD – Empresa de Transporte Coletivo de Diadema, iniciado em 2010, e que resultou na renovação e modernização total da frota.

Encerrada em junho deste ano, a licitação teve como vencedora a empresa Benfica – Transportadora Turística, que passará a operar oito linhas de ônibus, o que representa 40% do total. Os outros 60%, que já eram operados pela Viação Imigrantes, passam agora para a empresa Metropolitana, que adquiriu o direito de operar as linhas sob a condição de renovar toda a frota.

Benefícios – Além de contar com ônibus mais modernos, confortáveis e acessíveis, a população de Diadema também terá outros benefícios no transporte público. Um deles é a segurança, já que os veículos estarão equipados com câmeras, que ajudam a inibir roubos e outras formas de vandalismo.

Outra novidade está relacionada à tecnologia embarcada nos veículos. O monitoramento operacional será feito através de equipamentos GPS (Sistema Global de Posicionamento por Satélite), instalados nos ônibus, e da Central de Monitoramento.

O objetivo dessa estrutura é visualizar em tempo real a operação dos ônibus em cada linha, oferecendo dados e informações que servirão para fiscalizar o cumprimento de horários e os eventos que podem interferir na programação da viagem dos ônibus, como desvios de rota, tempo de parada, pontualidade, excesso de velocidade, queima de parada, entre outros.

Modelos – Os novos ônibus estão distribuídos em três modelos: o Midi, com 32 lugares; o Padrão, com 46 lugares; e o Micro, com 20 lugares. Este último será utilizado em apenas duas linhas: a 14P (Jd. Gazuza/Terminal Piraporinha) e a 16P (Jd. Arco-Íris/Piraporinha). Isso por conta da largura das vias por onde eles trafegam.

Atendi – A nova frota inclui mais um veículo adaptado para o transporte de pessoas com necessidades especiais, que será somado aos dois já existentes. Trata-se do Serviço de Atendimento Especial de Diadema, o Atendi, modalidade de transporte gratuito, porta a porta, destinado às pessoas com deficiência física severa, com alto grau de dependência, impossibilitadas de usar outros meios de transporte público e que necessitem de atendimento em instituições de Saúde.

Bilhetagem eletrônica e integração temporal - As novidades no setor de transportes não param por aí. Além de ser o único município brasileiro com frota municipal totalmente zero quilômetro e 100% adaptada, a cidade passará a contar, a partir de janeiro de 2012, com painéis eletrônicos que mostrarão o tempo de espera nos terminais, itinerários e horários.

Também a partir de janeiro a Secretaria de Transportes promoverá um grande debate com a sociedade, com o intuito de readequar as linhas e horários dos ônibus, para melhorar o atendimento, eliminar defasagens e diminuir o tempo de espera nos pontos.

Bilhetagem eletrônica – A inovação do transporte local passa também pela ampliação do sistema de bilhetagem eletrônica, que começou a ser implantado no segundo semestre de 2008.

Todas as modalidades do Bilhete Eletrônico serão operadas através de uma Central de Atendimento que será instalada no centro da cidade. Serão criadas novas modalidades de bilhetes, que irão proporcionar aos usuários múltiplas vantagens, como maior segurança, agilidade e praticidade, entre outras.

Integração temporal – Todo esse processo estará preparando o sistema para a implantação da integração temporal, que deve entrar em vigor a partir de março de 2012. Com a integração temporal os usuários poderão descer do ônibus e voltar a utilizá-lo sem precisar pagar uma nova passagem, dentro do período de 45 minutos.

Este benefício permitirá aos usuários a integração em qualquer parada de ônibus e não mais somente nos dois grandes terminais da cidade. Nos pontos onde há maior cruzamento de linhas – e, portanto, um número maior de usuários realizando a integração – serão construídas ECOs  (Estações de Conexão). Ao todo, serão 14 lugares estratégicos, espalhados pelo Município, que terão pontos maiores, com abrigos, piso tátil e sinalização especiais, fatores que darão maior conforto ao usuário e permitirão a integração com segurança.

A partir de março também serão instalados 50 abrigos, no mesmo padrão dos 80 que já foram instalados ao longo dos últimos meses. A iniciativa é fruto de parceria entre a Prefeitura e a iniciativa privada e que prevê implantação, conservação e manutenção dos abrigos.




fonte: Maria Helena Domingues - P. M. D.

Um comentário:

Anônimo disse...

Catraca livre? Quer dizer que as empresas VIM e Benfica doaram para o diademense um dia de consumo de combustível de seus veículos, de custos trabalhistas e de todo gasto para manter sua frota?
Como pode uma administração substimar a inteligência dos cidadãos e achar que essa conta não será paga com os próprios recursos dos eleitores?
Parabéns, somos todos idiotas!