6 de out de 2011

Yaskawa investirá R$ 30 milhões na construção de uma fábrica em Diadema

A japonesa Yaskawa, concorrente da alemã Siemens, da francesa Schneider e da brasileira Weg em automação industrial, está construindo uma nova fábrica no Brasil, com investimento que poderá chegar a R$ 30 milhões. Com prazo de efetivação de dois a três anos, o aporte inclui a nacionalização de uma série de linhas de produto e espera-se que leve a companhia japonesa a mais que dobrar o faturamento no país no período, para entre US$ 100 milhões e US$ 120 milhões. O prédio já está em construção, em Diadema, e o início da operação é previsto para o final do primeiro trimestre de 2012.
A escolha dos produtos que serão nacionalizados primeiro deverá ser decidida na próxima semana.
José Luiz Rubinato, diretor geral da Yaskawa Elétrico do Brasil, embarca amanhã para Chicago, nos Estados Unidos, onde está o escritório central para as América. E passará a semana discutindo alternativas. Estão no páreo as linhas de inversores de baixa tensão e servos acionamentos.
O início do processo de nacionalização de inversores de média tensão, de painéis e sensores de baixa tensão e de cubículos de média tensão já foi definido. Segundo Rubinato, a decisão da companhia de ampliar os investimentos no Brasil se baseou no momento econômico que vive o Brasil, estável diante da iminência de nova crise internacional, e nas perspectivas para o futuro. Em especial em segmentos como petróleo e gás, mineração, siderurgia e papel e celulose. A empresa também quer abrir filiais em Porto Alegre e Rio de Janeiro.
fonte:  Rio Negócios - Agência de Promoção de Investimentos do Rio de Janeiro

Nenhum comentário: