22 de set de 2011

Diadema amplia número de espécies do Borboletário e entrega melhorias no Jardim Botânico

Para o início da primavera, nesta sexta-feira, 23, a partir das 9h, a Secretaria de Meio Ambiente apresenta o resultado da revitalização feita no Jardim Botânico, no bairro Inamar. No local haverá trilha, mostra dos projetos ambientais e sustentáveis realizados no município, além do Borboletário com três novas espécies recém chegadas.

O Jardim Botânico ocupa área de 26 mil m² e tem vegetação de mata nativa com árvores como jacarandá, jatobá, pau-brasil, angico, paineira, palmeira juçara e urucum. Além disso, pássaros silvestres são atraídos pela diversidade da flora com espécies exóticas, como a magnólia. No viveiro 200 espécies de plantas utilizadas no paisagismo da cidade são cultivadas, entre forração (porte pequeno), ornamentais (porte médio) e arbóreas (porte alto).

O Borboletário Tropical Conservacionista Laerte Brittes de Oliveira, que completou seis anos este mês, comprou 250 novas pupas (casulos), das espécies Ascia Monuste -“borboleta-da-couve”, Caligo ilioneus -“olho de coruja”, e Dryas iulia -“Julia”. Todas são provenientes do Sesc Pantanal, local de venda autorizado pelo IBAMA, o qual homologou o Borboletário. Com isso, o local segue normas da Legislação Ambiental vigente.

O espaço foi o primeiro borboletário da região metropolitana de São Paulo. O berçário e o viveiro ocupam área com cerca de 200 m². A equipe do local é composta por um coordenador biólogo, dois funcionários e três estagiários da área de Biologia, que juntos têm a função de conservar as espécies e promover a educação ambiental aos participantes.

Em 2010 o espaço recebeu 3.418 visitantes e, neste ano, 1.349 pessoas. Para visita é necessário agendamento prévio pelo telefone             (11) 4059-7600      . Terça, quinta e sexta-feira são os dias abertos para visita, das 9h às 12h e das 13h às 16h.

O público recebe informações técnicas sobre os principais aspectos ambientais, desenvolvimento de cada espécie de borboleta e sua importância na natureza. Durante a vista também é possível interagir com os indivíduos adultos (imagos) durante o vôo, alimentação e ritual de acasalamento. A sensibilização é instantânea e causa surpresa dos visitantes.

Melhorias no espaço: Com a manutenção de alguns pontos, os serviços gratuitos voltados às trilhas também melhoram, por meio de agendamento telefônico pelos números (11) 4059.7600 /7614. O passeio é monitorado e os visitantes têm a oportunidade de conhecer e se aproximar da natureza, aprendendo sobre a necessidade de cada planta. Quanto ao elo com o Programa Diadema Mais Educação, desde 2009, o Vida Limpa nas escolas e o Teatro de Fantoches são outras ferramentas que reforçam a meta de educação ambiental.

A reforma foi realizada pela parceria das secretarias de Meio Ambiente e Educação, com o investimento de cerca de R$ 80 mil e R$ 100 mil respectivamente.  Pontes da ‘Trilha das Águas’ foram trocadas, o deck do Centro de Referência Ambiental foi reformado, instalações de sanitários para crianças de até cinco anos, azulejos no laboratório, construção da área de recreação e convivência para peças teatrais e palestras voltadas aos alunos do Mais Educação, além de troca dos telhados e pintura dos prédios.

Na entrada do Jardim Botânico foi adicionado o paisagismo no canteiro, com plantas decorativas, como calatéia (Calathea) e singonio (Syngonium angustatum). Já o Borboletário teve vegetação podada, fontes d’água pintadas e aumento das plantas frutíferas para alimentação das borboletas.

Programação: Às 9h, a reabertura do Jardim Botânico fica por conta da apresentação de 30 alunos do ensino fundamental da escola municipal União, do Jardim Inamar. Os estudantes vão cantar a adaptação musical ‘Saltimbancos’, do compositor Chico Buarque. Além do prefeito, participam da solenidade os secretários de Meio Ambiente e de Educação.

Às 10h os monitores do local acompanharão o público em um trilha de 20 minutos, que passará pela Alameda das Palmeiras, Caminhos das Águas, Alameda Samambaiaçu e por um modelo que imita uma teia de aranha para sensibilização de portadores de necessidades especiais.

Mesas de mostra dos projetos e programas da Secretaria de Meio Ambiente serão expostas com detalhes sobre Educação Ambiental e Acessibilidade nos parques, Jovens da Biosfera, Teatro de Fantoches, plantas tóxicas, ilustração botânica, aquecedor solar, insetálio (coleção de insetos com classificação) e carpoteca (conjunto de sementes de frutas). 

Ainda há novidade com a ‘Sala Verde’ que vai comportar mostra de trabalhos e ações da repartição. Ainda na sexta-feira, a partir das 14h, haverá plantio de árvores na Praça da Moça e no Teatro Clara Nunes.



Serviço:

Reinauguração do Jardim Botânico e novas espécies do Borboletário
23/09, sexta-feira, das 9h às 11h
Jardim Botânico
Rua Ipitá, 193 – Jardim Inamar
Tel.: 4059-7600

Plantio de árvores
23/09, às 14h
Praça da Moça
Avenida Alda, s/nº - Centro
Teatro Clara Nunes
Rua Graciosa, 300 – Centro



fonte: Jariza Rugiano - PMD

Nenhum comentário: