30 de abr de 2011

IBGE: Diadema tem maior densidadedemográfica de SP


Além da capital paulista, quatro municípios da Grande São Paulo possuem uma distribuição de habitantes por quilômetro quadrado comparável às taxas de metrópoles mundiais, como Nova York, nos Estados Unidos, Nova Délhi, na Índia, e Tóquio, no Japão.
Com 12,5 mil habitantes por km2, o município de Diadema tem a maior densidade demográfica do Estado, segundo o Censo 2010, divulgado ontem pelo IBGE. A cidade é seguida por Taboão da Serra (12 mil pessoas/km2), Carapicuíba (10,7 mil pessoas/km2) e Osasco (10,4 mil pessoas/km2).
O urbanista Ricardo Ojima, da Unicamp, acredita que esses números mostram que as cidades da Grande São Paulo estão diversificando a base da economia, antes focada exclusivamente em indústrias, o que atrai a população. "Com a redução do fluxo migratório, a capital está se firmando como uma área de circulação", afirma.
A densidade demográfica da cidade de São Paulo é de 7,4 mil pessoas/km2, enquanto a média do Estado é de 166,2 pessoas/km2. Em Nova York, a taxa é de 10,1 mil, em Nova Délhi são 9,3 mil e em Tóquio são 5,8 mil habitantes por km2. 
fonte: Jornal da Tarde.

6 comentários:

Anônimo disse...

A densidade demográfica não mudou nada na nossa cidade, a mais de 10 anos já é de conhecimento a nossa alta densidade demográfica, se analisarmos bem, é alta mesmo,ex: Diadema tem um território de 30,6 km onde moram quase 400 mil pessoas, em várias cidades do interior paulista cidades com populações entre 70 e 90 mil habitantes convivem nessa mesma área. Essa diferença apesar de ser grande se justifica pelo fato de estarmos em uma região metropolitana, mais isso também nos traz grandes problemas. Infelizmente a prefeitura não tem controle sobre a cidade, ,muitas coisas que pertubam os moradores poderiam ser evitadas se a prefeitura fiscalizasse os responsáveis.

Anônimo disse...

Nacionalmente acho que perde apenas para São João de Mereti, que fica na região metropolitana do rio e também é pequena com a maioria da população sendo de classe baixa.

Anônimo disse...

E isso tudo é culpa de sermos administrados por 25 anos pelo PT que sem projetos urbanos sempre permitiu e apoiou as invasões de terras, para disso tirar proveito próprio. Em Vinhedo, por exemplo, se alguem começar a construir um barraco em área pública ou privada, na mesma hora já tem um trator derrubando tudo. Não sou contra pois tem muita gente que se aproveita da situação para tirar proveito próprio. Porque vcs acham que o povão adora invadir terra em Diadema, pois sabem que terão todo o apoio da prefeitura e nós que pagamos impostos que se danem.

Luiz disse...

Que proveito o PT tira dessas invasões?

Anônimo disse...

proveito politico - eleitores - imagino (não fui eu que fiz os comentarios acima)

Anônimo disse...

sou contra esses movimentos que querem mais habitação em diadema, é tudo muito bonito quando pensamos q estamos defendendo o direto dos pobres, mas não adianta em nada colocar ainda mais gente em diadema, sendo que não temos mais estrutura que comporte, escolas, creches, onibus. Além de moradia, essas pessoas precisam de qualidade de vida para criar suas familias.