12 de dez de 2008

Câmara de Diadema aprova Orçamento de R$ 624 mi

Elaine Granconato
Do Diário do Grande ABC

O deputado estadual e prefeito eleito de Diadema, Mário Reali, administrará no próximo ano o maior Orçamento da história da cidade: R$ 624,5 milhões, aprovado quinta-feira à tarde, por unanimidade, na Câmara. Porém, a oposição conseguiu frear de 30% (R$ 190.338.094,20) para 15% (R$ 95.169.047,10) o remanejamento dos recursos.

Bem que a secretária municipal de Finanças, Adelaide Maia de Moraes, que comandará a mesma Pasta na administração de Mário Reali, tentou defender a manutenção de até 30% do remanejamento, durante reunião realizada pela manhã no Legislativo.

Uma emenda modificativa do vereador Laércio Soares (PCdoB), presidente da Comissão de Finanças e Orçamento da Casa, pedia menos ainda. Ou seja, até 10% (R$ 63.446.031,40) do total da despesa fixada. "Era uma quantia mais do que suficiente", afirmou.

Diante da não certeza do governo da rejeição de votos no plenário, a bancada da sustentação propôs os 15%, o que acabou sendo aceito.

Mário Reali foi procurado, mas não deu retorno.

O Executivo repassou os R$ 3 milhões para o Legislativo, do total da peça. O previsto anteriormente era R$ 14 milhões.

Nenhum comentário: