7 de set de 2008

Pesquisa aponta Diadema como 42ª melhor cidade para se viver entre as mais de cinco mil cidades brasileiras.


Pesquisa aponta Diadema como 42ª melhor cidade para se viver

Veículo de comunicação: ABCD Maior - www.abcdmaior.com.br

Diadema está entre as 50 melhores cidades do Brasil para se viver


Índice Firjan tem S. Bernardo em segundo e Diadema em terceiro no ranking regional

São Caetano é a segunda melhor cidade do Brasil para se viver, de acordo com o IFDM (Índice Firjan de Desenvolvimento Municipal), elaborado pela Firjan (Federação das Indústrias do Rio de Janeiro) para medir anualmente a eficiência de políticas públicas nos municípios. Na lista, que abrange todas as cidades brasileiras, São Bernardo é a segunda cidade do ABCD melhor colocada e Diadema é a terceira. Santo André fica em quarto lugar, Mauá em quinto, Ribeirão Pires em sexto e Rio Grande da Serra é a sétima e última colocada.

O IFDM considera, com igual ponderação, os três principais indicadores do desenvolvimento humano: emprego e renda, educação e saúde. A pontuação varia de zero a um. Quanto mais próximo de um, maior o nível de desenvolvimento. O índice médio brasileiro é de 0,7129, abaixo dos índices dos sete municípios da Região. O município melhor colocado na listagem é Indaiatuba, no Interior de São Paulo, que obteve a marca de 0,9368. São Caetano vem logo a seguir, com 0,9330.

Surpresa - São Bernardo, a terceira cidade do ABCD tem índice de 0,8734, está em 32º lugar no ranking nacional e em 31º entre as cidades paulistas. Diadema, que por ser um município historicamente atingido por carências e problemas como violência, surpreendeu com índice de 0,8690, chegou ao 42º lugar entre as mais de cinco mil cidades brasileiras e em 38º lugar entre os 645 municípios paulistas.

Santo André, a terceira colocada da Região tem índice de 0,8638, ocupa a 51ª colocação no âmbito nacional e a 47ª no paulista. Mauá tem índice de 0,8296, está em 127º lugar na lista nacional e em 100º na estadual. Ribeirão tem índice de 0,8235, ocupa a 139ª colocação nacional e a 106ª no ranking estadual. A última colocada do ABCD, Rio Grande da Serra, tem índice de 0,7267 – ainda acima da média nacional -, está em 740º lugar na lista nacional e em 388 na paulista.

Capitais – entre as capitais brasileiras, Curitiba é a melhor colocara (72ª), com índice de 0,8510, mas abaixo São Caetano, São Bernardo, Diadema e Santo André, por exemplo. A Capital fica em 109º lugar, com índice de 0,8357. Das 100 melhores cidades do País, 87 são paulistas - e a Capital não está entre elas.

Nenhum comentário: