2 de set de 2008

Debate promovido pela rede CNT








Mortalidade infantil e dívidas acirram debate da CNT


GEORGE GARCIA

Os candidatos a prefeito de Diadema, José Augusto da Silva Ramos (PSDB), Mário Reali (PT) e Vladimir Antonio Trombini Campos, o Vladão (PCB), enfrentaram-se no domingo em debate promovido pela rede CNT (Central Nacional de Televisão) com apoio do Jornal ABC REPÓRTER. O candidato Ricardo Yoshio (PMN) foi convidado, mas não compareceu ao encontro. A mediadora do evento foi a jornalista Salete Lemos.
Durante uma hora os candidatos falaram sobre suas propostas e puderam debater entre si perguntas de jornalistas presentes na platéia. O próximo debate acontece neste domingo (07), às 22 horas e será com os candidatos de Santo André. Todos os prefeituráveis - Aidan Ravin (PTB), Newton Brandão (PSDB), Raimundo Salles (DEM), Ricardo Alvarez (PSOL) e Vanderlei Siraque (PT) – confirmaram presença. A CNT pode ser sintonizada nos canais 24 da Sky, 12 da NET e 26 UHF.
Por sorteio o primeiro a falar sobre suas propostas foi Vladão, que defendeu a integração entre as áreas de Educação, Cultura e Esportes, diminuindo o número de secretarias. Em seguida, José Augusto falou sobre a Saúde e disse que as UBSs da cidade foram construídas há mais de 20 anos, quando ele foi prefeito. Mario Reali elegeu o tema Segurança. “É uma obrigação do Estado, mas Diadema é referência na área e implantou 43 câmeras de segurança na cidade”, detalhou.
Salete Lemos repercutiu notícia do REPÓRTER, sobre a demora de atendimento no Pronto Socorro do Quarteirão da Saúde, espera que chega a ser de 8 horas. E perguntou sobre propostas nesta área. O candidato governista, Mário Reali, disse que a informação não era procedente e que os números provariam o contrário.
Sobre a área da Saúde, José Augusto falou sobre a mortalidade infantil, ao fazer perguntas ao candidato petista. “A taxa de mortalidade infantil de Diadema caminha na contra-mão da história. Enquanto em Diadema cresce o índice nas demais cidades da região ele vem caindo”. Reali citou outros números. “Nós precisamos considerar os últimos 10 anos e também os acidentes que fazem parte desses índices”. Ainda sobre o tema, o candidato tucano insistiu: “a mortalidade de 100 crianças em 2007 aconteceu porque não tiveram pré-natal. Se houvesse investimentos essas crianças estariam vivas”
O jornalista Antonio Julio Pedroso de Moraes perguntou para os candidatos sobre a falta de vagas nas creches de Diadema. José Augusto disse que mais de 8 mil crianças aguardam vagas.
O candidato Vladão perguntou para o prefeiturável tucano, qual a visão dele sobre a terceirização. “Essa mania é do PT. Em alguns setores até pode-se aceitar como no caso das ambulâncias. A idéia deles é acabar com o funcionalismo público”, criticou.
Para Vladão, PSDB e PT, representam o mesmo neoliberalismo. “Eles vão privatizar todas as áreas se continuarem no governo. Nós vamos valorizar o funcionalismo, municipalizando os serviços”, prometeu.
Sobre transporte, Vladão disse que vai implantar a tarifa zero. Já José Augusto disse que a ETCD (Empresa de Transporte Coletivo de Diadema) tem uma dívida de R$ 100 milhões. “Vamos fazer pesquisas de origem e vamos criar ciclovias. Estamos discutindo com o governador para trazer o metrô até o centro da cidade” discursou. Mário Reali disse que a fórmula adotada pelo atual governo de que a empresa opere apenas 40% do sistema deixando o restante com a viação Imigrantes, foi boa para o sistema. “Nós temos um grande avanço que é a separação da operação e da gestão”.

A CONCESSÃO DO CANAL 26 PERTENCE A DIADEMA, POR QUE NÃO PASSA PROPAGANDA ELEITORAL
DOS CANDIDATOS DO MUNICÍPIO?

Nenhum comentário: