6 de mar de 2008

Subway terá unidade no Shopping Praça da Moça

Tauana Marin
Do Diário do Grande ABC

Com um investimento na ordem de R$ 2,5 milhões, a Subway, segunda maior rede de restaurantes fast-food do mundo, vai investir no Grande ABC e pretende ao longo deste ano abrir 10 lojas. A estimativa é de que as unidades gerem cerca de 120 postos de trabalho diretos e 30 indiretos.

“Escolhemos o Grande ABC uma vez que a posição geográfica é estratégica e vem crescendo economicamente. A Subway investirá na região para acompanhar esse cenário”, explica o agente de desenvolvimento regional, Jaderson Lima. Segundo o executivo, a idéia é que a rede cresça junto com a região, já que a renda do trabalhador local vem crescendo, e conseqüentemente, seu poder aquisitivo também.

Pesquisas realizadas pela rede mostram que os moradores das sete cidades se preocupam com uma alimentação saudável e de qualidade, mas não têm muitas opções para comer fora de casa.

“Vamos suprir esta necessidade, afinal essa é nossa diferença: oferecemos uma comida rápida, saudável e personalizada, onde o cliente pode escolher os ingredientes”, justifica Jaderson.

PONTOS:
Os shoppings da região já se preparam para acomodar unidades da rede. Jaderson diz que haverá uma franquia no Shopping ABC e outra no ABC Plaza, ambos em Santo André. Uma unidade será instalada no Shopping de Diadema, atualmente em construção, e deve ser entregue no início do ano que vem.

“Estamos em negociação com o Mauá Plaza Shopping. Já está quase certo que também teremos uma franquia no local”, revela o agente de desenvolvimento do grupo.

Além de lojas em shoppings, serão abertas unidades de rua e dentro de hipermercados. Duas unidades começaram a ser construídas neste mês: uma na Avenida Goiás, em São Caetano, e outra na Rua das Figueiras, em Santo André, e devem ficar prontas entre abril e maio.
ESTATÍSTICA

A Subway já é a maior rede de fast-food dos EUA. Com mais de 28 mil lojas espalhadas em 86 países, faturamento anual de mais de US$ 11 bilhões e um atendimento diário a cerca de seis milhões de clientes, o grupo objetiva alcançar a liderança também no País, que conta hoje com 135 lojas.