14 de fev de 2008

Arena de Diadema esta chegando.


FINALMENTE DIADEMA VAI GANHAR UM ESTÁDIO.

Arena de Diadema deve sair neste mês

Fernando Cappelli
Do Diário do Grande ABC

O sonho de colocar Diadema como parte integrante das principais rotas do futebol brasileiro vai ser concretizado ainda neste mês. Pelo menos é o que garantiu ontem o secretário de Esportes de Diadema, Wladimir Rodrigues dos Santos.

O ex-lateral do Corinthians afirmou que a pedra fundamental para a construção da Arena de Diadema, estádio multiuso com 40 mil lugares e fruto de uma parceria iniciada em 2005 – que envolve a Prefeitura, o Santos e a construtora alemã Hellmich –, está perto de ser lançada.

“Ainda não temos um dia certo, mas fecharemos o contrato até o final de fevereiro. As reuniões que tivemos com a diretoria do Santos neste ano dão boas mostras de que está perto”, disse Wladimir. “Na verdade, falta acertar alguns aspectos operacionais e questões fundiárias, como a aquisição e doação do terreno para a construção, que foram exigidos em parte pelo Santos como garantia. Estamos ainda nesse processo, mas no caminho certo”, completou.

Estima-se que o orçamento para o estádio é de R$ 250 milhões. Ele ocuparia uma área de 800 mil metros quadrados e deve ser construído nas proximidades do km 20 da Rodovia dos Imigrantes, na região do Eldorado. O montante seria investido pela empresa alemã Hellmich que, em troca, teria a concessão de uso do estádio por dez anos. Após o período, a Arena seria definitivamente do Santos.

O secretário revelou que a parceria teve início após a visita de representantes da Hellmich à cidade do Grande ABC. Na ocasião, as autoridades de Diadema propuseram o empreendimento aos alemães, que aceitaram com a condição deste ser vinculado obrigatoriamente a algum grande clube brasileiro.

As opções imediatas foram o Corinthians e o Santos, clubes de grande expressão e com estádios de menor porte. O Alvinegro praiano abrigou a idéia de imediato. O presidente Marcelo Teixeira, na época, chegou a se reunir várias vezes com os representantes da cidade, mas o projeto não saiu do papel.

No final do ano passado, porém, uma nova visita do grupo alemão ao Brasil e a confirmação do País como sede da Copa do Mundo de 2014 reaqueceram o tema.

Durante seu discurso na cerimônia de posse como presidente reeleito no final do ano passado, Teixeira, inclusive, vislumbrou a Arena de Diadema como uma das metas do clube para os próximos anos.

O presidente também revelou ter assinado um protocolo de intenções com autorização para a parceria usar a marca Santos F.C.

Conselheiros devem debater o novo estádio amanhã na Vila

Raphael Ramos
Do Diário do Grande ABC

A construção do estádio santista deverá ser debatida amanhã pelos dirigentes do clube, quando o Conselho Deliberativo se reúne às 20h, na Vila Belmiro. Na reunião, convocada no último dia 8 pelo presidente do órgão, José da Costa Teixeira, serão empossados os conselheiros que irão compor o Cofi (Conselho de Orientação e Fiscalização) no biênio 2008/2009.

O último item da Ordem do Dia, no entanto, é “assuntos de interesse do clube” e, segundo o Diário apurou, é aí que o novo estádio deverá ser colocado em pauta.

Por enquanto, as negociações com o prefeito de Diadema, José de Filippi Júnior (PT), estão sendo tratadas exclusivamente pelo presidente do clube, Marcelo Teixeira. No entanto, antes de tomar qualquer decisão que mexa com os cofres do clube, o dirigente terá de levar a proposta para a aprovação do Conselho Deliberativo.

“Por enquanto, nada foi passado de forma oficial. O que sabemos é o que tem saído na imprensa”, afirmou o subdiretor regional de São Caetano e conselheiro efetivo licenciado, Paulo Roberto Dias.

A cúpula santista está em Cúcuta, na Colômbia, onde o equipe atuaria na madrugada de hoje pela primeira rodada da Copa Libertadores da América.

Os dirigentes que acompanham o time devem desembarcar em Guarulhos amanhã pela manhã e, à noite, passarão as informações sobre o estádio em Diadema para os membros do conselho.