29 de jan de 2008

Faça como Shopping Praça da Moça venha para Diadema




SHOPPING PRAÇA DA MOÇA

A população de Diadema já pode começar a contar os dias para ter o seu shopping center. Na terça-feira, 29, com as presenças dos empreendedores, do prefeito e do vice-prefeito de Diadema e autoridades locais, foi lançado oficialmente o início da construção do centro de compras e inaugurado o estande de venda para comercialização dos espaços das lojas.

O 'Shopping Praça da Moça' terá seis pisos e entrará em atividade em abril de 2009. Maior empreendimento no gênero na cidade, o centro de compras será edificado em área de 21 mil metros quadrados, na confluência da Rua Graciosa com Avenida Manoel da Nóbrega, onde vão funcionar sete lojas âncoras, sete semi-âncoras e 159 lojas satélites.

O prédio, com fachadas em estilo clássico, terá 95 mil metros quadrados de área construída, e além das lojas, abrigará praça de alimentação, oito cinemas, um restaurante, uma academia, espaços para eventos e serviços, e estacionamento para mais de mil carros. O projeto exigirá investimos na ordem de 150 milhões de reais e irá criar 3 mil empregos diretos.

"Diadema ficou em 3º lugar no Grande ABCD no saldo de empregos em 2007 e a 16ª cidade do Estado, com 5.585 vagas. É um crescimento de 50,7% se compararmos com 2006 e certamente, com a vinda do shopping, temos potencial para crescer mais e assim empregar mais pessoas', destacou o vice-prefeito e secretário de Desenvolvimento Econômico e Emprego de Diadema.

Outra característica do empreendimento é a preocupação com o meio ambiente. O shopping irá preservar as mais de cinqüenta árvores existentes no local inserindo-as no projeto. Também será implantada uma cortina de vidro que vai favorecer a iluminação natural e o sistema de ar-condicionado funcionará a gás para reduzir o consumo de energia.

"Vamos recolher o óleo de cozinha do restaurante e da praça de alimentação para doá-los às ONGs. A Prefeitura sugeriu que façamos a doação do material coletado para o programa que transforma o óleo em biodiesel e vamos avaliar", explicou Roberto Martins, coordenador do empreendimento.

Com as fundações em plena execução, ao ver as obras no ato inaugural de lançamento, o prefeito de Diadema argumentou que iniciativa dessa envergadura só traz dividendos para a cidade. "O shopping será uma alavanca para atrair novos investimentos, ampliar a oferta de lazer, fortalecer e qualificar o comércio local. O empreendimento inaugura um novo conceito na cidade, que, sem dúvida, ajudará a elevar a auto-estima e a qualidade de vida da população", ressaltou.

O shopping é uma reivindicação antiga dos moradores que começa a ganhar corpo. Segundo Roberto Martins, diversos fatores contribuíram para viabilizar o empreendimento. Diadema tem uma localização estratégica e um potencial de crescimento muito grande. Fizemos pesquisas que nos apontam que a área de influência do shopping abrange mais de um milhão de pessoas, o que pode transformá-lo num centro regional de consumo, disse.

Claudio Maneja Jr./PMD