28 de dez de 2007

FAÇA COMO A MAPPEL VENHA PARA DIADEMA

 

Mappel faz investimento de R$ 7 mi em criação de fábrica em Diadema
 
Daniel Trielli
Da sucursal de Diadema

A Mappel, fornecedora de produtos cosméticos para empresas como Avon, Natura, Johnson & Johnson e Nivea, inaugurou no dia 05/21/2007 uma nova fábrica na região. Já presente em São Bernardo, a companhia expande sua capacidade produtiva para Diadema.

A nova planta da Mappel, com uma área de 4.300 metros quadrados, recebeu investimentos iniciais na ordem de R$ 7 milhões. “Mas já prevemos uma ampliação no futuro”, conta o gerente industrial da empresa, Eugênio Romano.

Em número de empregados, a empresa também vai começar com uma base que deve se expandir. No início, serão 60 funcionários, muitos dos quais já selecionados e em processo de treinamento. Mas Romano avisa que esse índice com certeza vai subir para 120 nos próximos meses.

Embora a fábrica ainda não tenha entrado em atividade, o gerente industrial explicou que em duas semanas as máquinas já estarão em funcionamento na Mappel de Diadema. “Já temos todas as licenças e alvarás necessários. Só falta chegar alguns equipamentos, mas isso vai se resolver rápido.”

Na festa de inauguração, que contou até com uma palestra motivacional do ex-jogador de basquete Oscar Schimdt, Romano deixou claro o posicionamento da nova planta. “Queremos que a nossa fábrica se torne uma referência de mercado e que seja exemplo para os que vierem atrás.”

A nova unidade da Mappel fica no condomínio empresarial Acta Imigrantes, criado no meio do ano. O local oferece infra-estrutura para outras nove empresas, que dividem os gastos com segurança, portaria e manutenção externa.

Segundo Eduardo Reboredo, da Racec Empreendimentos (empresa responsável pelo local), todos os 14 espaços do condomínio já foram locados. A Mappel é a maior empresa, com cinco unidades, e será a terceira empresa do local a começar as atividades.

“Quando se monta uma empresa, tem de se preocupar com um número imenso de fatores, como segurança, zelador e manutenção. Com o condomínio você elimina tudo isso”, diz o gerente industrial da Mappel.
“Você fica dedicado àquilo que sabe fazer. Eu sei fabricar e envasar cosméticos, não posso ficar preocupado com outras coisas.”

Nenhum comentário: